Destaques Saúde

Campanha contra a gripe H1N1 começa nesta segunda-feira

Por Ézio Santos/ Especial

12 de abril de 2021

Foto: Agência Brasil

PASSOS – Nesta segunda-feira, 12, começa a vacinação contra a gripe Influenza (H1N1). O público-alvo da primeira etapa são crianças de seis meses a seis anos incompletos, gestantes, puérperas e profissionais da saúde.

Em Passos, a coordenadora municipal da Vigilância Epidemiológica, Paula Fabiana Tavares Freitas, afirma que o imunizante é eficaz e seguro, sendo a melhor forma de prevenção contra a gripe, o surgimento de complicações decorrentes da doença, consequentemente possíveis óbitos, além de reduzir os sintomas que podem ser confundidos com os da covid-19. Paula ainda ressalta que, ao se deslocar para os locais de vacinação, a população continue seguindo os protocolos de prevenção contra o contágio do novo coronavírus, como usar máscara, álcool em gel, e, principalmente, evitar aglomerações.

O Ministério da Saúde informa que em diversos estados com leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) lotados e filas de espera em função da pandemia do novo coronavírus, a iniciativa também é importante para não acarretar a sobrecarga nos sistemas de saúde em razão da campanha de imunização contra covid-19. O público estimado pelo ministério é de 79,7 milhões de pessoas e o objetivo é vacinar pelo menos nove em cada dez indivíduos dos grupos prioritários.

Na campanha, os grupos prioritários são crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos ou mais, professores das escolas públicas e privadas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

A vacinação será feita de forma escalonada – os grupos prioritários serão distribuídos em três etapas. Os municípios terão autonomia para definir as datas de mobilização (Dia D), conforme a realidade de cada região. A previsão de imunização dos grupos prioritários na primeira é: crianças de seis meses a menores de seis anos (7.616); gestantes (1.031); puérperas (169); e trabalhadores de saúde (4.124). Paula informou que em Passos, meta é vacinar ao menos 90% de cada grupo prioritário entre os meses de abril e julho de 2021. Confira nos quadros o público-alvo de cada etapa, locais e horários de aplicação das doses.


Vacinação atingiu metas

PASSOS – No ano passado a pandemia também alterou a campanha contra a gripe, que teve início em março e foi prorrogada por mais alguns dias além de 30 de junho. Em Passos, até 1º de julho de 2020 foram vacinados 24.145 indivíduos, o que representou 77,33% do público-alvo. No entanto, quando analisado por grupos, alguns ainda não atingiram a meta de 90%.

Iniciada em março, a campanha contra a gripe Influenza estava na terceira e última fase e a população estimada dos grupos prioritários era de 31.224 pessoas. Dentre esses grupos, apenas dois tinham ultrapassado os 90%, que era a meta definida pelo Ministério da Saúde.

Segundo a enfermeira referência técnica em imunização em Passos na época, Priscila Soares Corrêa Faria, a cobertura vacinal dos idosos atingiu 111,63%, com um total de 14.937 pessoas vacinadas. A de trabalhadores da Saúde chegou a 106,15%, com um total de 3.865 indivíduos imunizados no município. O objetivo da terceira fase da campanha é vacinar os grupos que ainda não atingiram a meta de imunização.