Destaques Saúde

Caminhão Expresso da Vida realiza mamografias na região

Por Gabriella Alux/ Especial

20 de Maio de 2021

Foto: Divulgação

PASSOS – O caminhão do Expresso da Vida dá continuidade ao projeto de realizar mamografias nas cidades da região, em parceria com a Santa Casa de Misericórdia de Passos (SCMP) e Instituto Avon. No momento, o caminhão está em Bom Jesus da Penha das, 7h às 11h e das 12h às 16h, e já realizou 135 exames em mulheres da zona rural e urbana.

A enfermeira integrante da equipe do programa Buscando Vidas, Patrícia Santos Corrêa de Carvalho, conta que o Expresso da Vida é um importante aliado na luta contra o câncer de mama.

Ele é uma estratégia do programa Buscando Vidas, em parceria com o Instituto Avon e as secretarias municipais, cujo objetivo é a prevenção do câncer de mama através da realização de exames de mamografia, que pode detectar precocemente a doença. Neste ano, o mamógrafo móvel tem como meta realizar 6.000 mamografias em 27 municípios parceiros, onde atenderá prioritariamente às mulheres da zona rural na faixa etária de 40-49 anos em seguimento ou novos casos, com exames de mamografia. Esta faixa etária não tem cobertura de mamografias pelo Ministério da Saúde e o Expresso da Vida facilita o acesso da mulher ao exame”, relatou.

Em Bom Jesus da Penha, 135 mulheres já fizeram a mamografia. O secretário de Saúde do município, Ronan Teixeira de Morais, relata que está em negociação para realizar a mamografia em todas as mulheres na faixa etária de 40 a 77 anos de idade, mas que, inicialmente, serão feitos 200 exames, com prioridade para 78 mulheres da zona rural e 122 da zona urbana. Segundo ele, ao todo, serão 200 mulheres na faixa etária de 40 a 49 anos com o intuito de realizar o diagnóstico precoce do câncer de mama.

Todas as mamografias, após o resultado, passam pelos médicos da atenção básica e as que forem detectadas alguma alteração, serão encaminhamos para um mastologista. Todo esse projeto está sendo uma realização para o município. Queríamos muito ter condições para arcar 100% e fornecer esses exames para as mulheres, mas, com a crise de 2018 a 2020, por conta do não repasse do Estado, não houve jeito. Por isso, nesse ano, organizamos a parte financeira e em relação a pandemia para concretizar esse sonho antigo”, declarou Morais.

A enfermeira coordenadora do programa Sisvida de Carmo do Rio Claro, Rousemeire Soares Oliveira, conta que o projeto é uma ótima oportunidade para identificar o câncer de mama precocemente, uma vez que na cidade não há mamógrafo.

Estamos esperando o caminhão em junho, pois ainda não realizamos mamografias nessa faixa etária e vamos dar seguimento aos exames de mamografia no município”, declarou.