Destaques Saúde

Brigada anticovid aplica cerca de 70 notificações

Laura Abreu / Especial

29 de junho de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS – A Brigada de Enfrentamento ao Covid19 e duas equipes da Polícia Militar iniciaram a operação “Força da Lei Covid 19” com o objetivo de notificar estabelecimentos que estejam em desacordo com as determinações de prevenção à disseminação do novo coronavírus previstas no Decreto 1.678. No primeiro dia de trabalho, seis multas e duas interdições cauteladoras foram feitas em bares e restaurantes do município. De acordo com informações da brigada, um dos maiores problemas encontrados foi o não cumprimento da determinação de espaço entre as mesas, que deve ser dois metros.

A brigada foi instituída para fiscalizar as restrições impostas para o comércio pelos decretos municipais. Desde o início de sua atuação, em março, já foram feitas cerca de 70 notificações de multas em estabelecimentos, sendo que a maioria é por aglomerações; estabelecimentos abertos além do horário permitido; mesas unidas e com mais de quatro pessoas e a não utilização de máscaras de proteção.

As notificações são aplicadas para avisar o proprietário sobre a violação das medidas de prevenção ao vírus e que, em caso de reincidência, ele pode ser multado, ter interdição cautelar do local ou cassação do alvará.

A Prefeitura Municipal publicou o decreto 1.678 no dia 19 deste mês, aumentando o horário de funcionamento de bares, lanchonetes e restaurantes até as 22h e, também, a presença de clientes nas lojas de rede ou de departamento, que agora podem ter até dez clientes simultâneos. Para as demais lojas a permissão é de até cinco pessoas. Os limites no número de clientes valem tanto para pagamento como para compras.

A fiscalização será feita até as 24h para poder acompanhar o aumento no horário de funcionamento dos bares, lanchonetes e restaurantes, segundo a chefe de divisão de Vigilância Sanitária e integrante da equipe da brigada, Luciana de Medeiros Castro Ladeira.

A gente estava percebendo que estava tendo muita fila nessas lojas de rede e de departamento. O que a gente tem tido mais problema nas ruas é em bares de bairro e espetinhos. Temos muito problema com aglomeração, não estão fazendo o distanciamento correto das mesas, que é entre cadeiras não entre mesas, sendo apenas quatro pessoas nas mesas. Não pode juntar mesas e colocar mais cadeiras. Isso o pessoal ainda não conseguiu entender. A gente tem visto muita aglomeração de pessoas que jogam sinuca em bares que não fazem o uso correto da máscara, deixa a máscara no queixo. Nos espetinhos, a gente pede maior espaçamento, pois é importante que não haja aglomeração das cadeiras com as mesas”, disse Luciana.

Segundo ela, ainda que há diversas notificações de estabelecimentos que contrariavam o horário de fechamento do decreto anterior, que era até as 20h. Quanto às denúncias, a população está participando ativamente e são inúmeras, algumas procedentes e outras não, já feitas para a brigada, que agora atende somente pelo WhatsApp (35) 98871-1209.