Destaques Saúde

Aumento da umidade do ar traz benefícios respiratórios a pacientes

24 de setembro de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS – Após dias muito quentes, o início da primavera foi marcado por queda na temperatura e aumento da umidade relativa do ar, que chegou a 79% nesta quarta-feira, 23. Essa mudança é benéfica para a saúde, principalmente daqueles que sofrem com problemas respiratórios. O médico otorrinolaringologista Alexandre Beraldo Ordones explica que o índice está no nível ideal para a saúde respiratória. “Nosso nariz e pulmões funcionam melhor quando a umidade relativa do ar está entre 60% e 80%”. De acordo com ele, durante o período de seca, as pessoas tornam-se mais vulneráveis a determinados problemas.

Com o tempo seco, o funcionamento do trato respiratório é prejudicado, e isso torna o indivíduo mais suscetível a infecções e doenças respiratórias, inclusive ao contágio do coronavírus. Na semana passada, havia a previsão de a umidade estar em 20%, e abaixo de 30% é crítico para a saúde e também tem influência nas queimadas Mas, com a chuva que veio esta semana, a situação melhorou muito”, disse.

Para a designer Carolina Antonino Lopes, a mudança no tempo foi benéfica. “Eu tenho rinite e ela estava extremamente atacada, eu sentia dor de tão seco que estava meu nariz por dentro. Com a chuva, eu respirei aliviada, literalmente”, contou.

A previsão para Passos nesta semana, segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), é de temperatura mínima entre 15° e 18° C e máxima entre 31° e 37°C, até domingo. O céu deve permanecer parcialmente nublado, com possibilidade de chuvas isoladas no sábado.

É importante umidificar o ambiente com uma toalha molhada, balde de água ou umidificador. Para quem puder, é interessante ter um aquário no ambiente. Além disso, plantas como samambaias ajudam muito a melhorar a umidade do ar. É preciso lembrar sempre de manter o ambiente ventilado e, preferencialmente, sem ar-condicionado, já que ele retira a umidade”, afirma Ordones. Segundo ele, há necessidade de se manter hidratado, ingerindo dois litros de água diariamente.