Destaques Saúde

Atendimento a suspeitas de covid pelo Samu aumentam 92%

Por Ézio Santos/ Especial

30 de abril de 2021

Foto: Divulgação

PASSOS – A pandemia de covid-19, que já causou a morte de 726 pessoas na região, sendo a maioria dos óbitos neste ano, refletiu também no aumento de ocorrências registradas pela base regional do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Passos em 2021. Entre o início de março e esta quinta-feira, 29, o crescimento chegou a 92,31%.

De acordo com a Assessoria de Comunicação do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Macrorregião do Sul de Minas (Cissul), com sede em Varginha, no terceiro e quarto meses de 2020, foram oito atendimentos a pessoas que, por telefone, declararam estar sofrendo os principais sintomas de infecção pelo novo coronavírus e foram levadas para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou diretamente para a Santa Casa. Já no mesmo período deste ano, os casos subiram para 104, uma diferença de 96 ocorrências.

Ao comparar os casos e transferências através do Samu em Passos, entre março e dezembro de 2020, com o período de 1º de janeiro a 29 de abril deste ano, foram 126 contra 151, respectivamente. Os números apontam 25 ocorrências a mais que em 2020, correspondendo a 16,56%.

A base local de Samu possui uma viatura denominada de Unidade de Suporte Básico (USB) onde trabalham um condutor, e um técnico de enfermagem e outra viatura de Unidade de Suporte Avançado (USA), ocupada por um condutor, um médico, e um enfermeiro, totalizando 28 profissionais. O plantão dos técnicos e condutores é de 12 horas de trabalho por 36 de descanso, enquanto que dos médicos e enfermeiros é de 24 horas por semana.