Destaques Saúde

Após ‘fura-filas’ no governo, Zema oficializa troca do secretário de Saúde

13 de março de 2021

Foto: Divulgação

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, oficializou neste sábado, 13, a troca no comando da Secretaria de Estado de Saúde após o caso dos “fura-filasda vacinação entre servidores públicos. Conforme consta no Diário do Executivo, Carlos Eduardo Amaral deixa o cargo de secretário de Saúde e dá lugar a Fábio Baccheretti Vitor. As mudanças já haviam sido anunciadas pelo chefe do Executivo estadual durante esta semana.

Zema não mexeu somente no cargo mais alto da Secretaria de Saúde. O secretário-adjunto da pasta, Luiz Marcelo Cabral Tavares, também foi exonerado. A edição deste sábado do Diário do Executivo, contudo, não traz o novo nome no posto. A decisão caberá a Baccheretti, no secretário de Saúde. Tanto Amaral quanto Cabral foram vacinados contra a COVID-19 e integram um esquema de vacinação entre servidores do governo. Nessa sexta-feira (12/03), a lista dos 828 funcionários imunizados foi divulgada pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Parte dos profissionais que constam na listagem são considerados fora do grupo prioritário da vacinação contra a COVID-19, como assessores de imprensa. Inicialmente, a informação era de que 500 pessoas do governo teriam sido vacinadas.