Destaques Saúde

Após 23 dias sem óbitos, Passos registra uma morte por covid-19

Por Gabriella Alux / Redação

14 de outubro de 2021

Foto: Divulgação.

PASSOS – Após 23 dias sem registros de óbitos por covid-19, o número de mortes em decorrência da doença subiu para 318 em Passos, segundo boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura do município nesta quarta-feira. A 317ª morte por covid-19 havia sido registrada no dia 21 de setembro, após ficar 20 dias sem óbitos no município.

Entre os dias 8 e ontem, 13, a região teve 95 novos casos de infecção pelo coronavírus e seis mortes em decorrência da covid-19, segundo boletins divulgados pelas prefeituras dos municípios. Dentre as 27 cidades que integram a Superintendência Regional de Saúde de Passos (SRS-Passos), Piumhi teve duas mortes, e Capetinga, Guapé, Nova Resende e Passos registraram um óbito cada.

Quanto aos novos casos, as cidades de Passos e Guapé, com 18 em cada, lideram o ranking de novos casos neste período. Em seguida aparecem os municípios de Piumhi (15), Nova Resende (nove), Alpinópolis (sete), Pimenta e São Sebastião do Paraíso, com seis em cada, Capitólio, Cássia e Doresópolis, com três em cada, Itaú de Minas e São Tomás de Aquino, com dois em cada, e Bom Jesus da Penha, Itamogi e São José da Barra, com um em cada.

Os municípios de Capetinga, Carmo do Rio Claro, Fortaleza de Minas, Ibiraci, Jacuí, São João Batista do Glória e São Roque de Minas não registraram novos casos de infecção e mortes por complicações da covid-19. No boletim divulgado pela Santa Casa de Passos, até ontem, o hospital tinha seis pacientes adultos internados. Cinco, estavam na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Covid-19, que tem 10% de ocupação, e um estava na enfermaria. Dos pacientes, dois são moradores de Passos, dois de Itaú de Minas, um é de Piumhi e outro é de Fortaleza de Minas.

Vacinação

A Prefeitura de Passos informa que hoje, 14, começa a aplicação da vacina contra a covid-19 em adolescentes com 15 anos, acompanhados por um responsável, e da dose de reforço para os idosos com 60 anos ou mais, que tenham tomado a vacina há seis meses, e da dose adicional para os imunossuprimidos com 18 anos ou mais, que tenham tomada a vacina há 28 dias.

A imunização acontece nas salas de vacina das unidades do Programa de Saúde da Família (PSF) Coimbras 1, CSU, Planalto, Penha 3 e Ambulatório São Lucas, das 7h30 às 11h e das 13h às 16h. Excepcionalmente, no São Lucas, a aplicação da vacina anticovid acontece até as 20h.

Para ser vacinado, é necessário apresentar o Registro Geral (RG) ou Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de residência, cartão de vacinas com o registro da primeira e segunda doses, estar cadastrado no Vivver e, para imunossuprimidos, o formulário com a indicação, disponível no site da prefeitura.