Destaques Saúde

AMB recebe denúncias sobre falta de EPIs

8 de abril de 2020

PASSOS – A Associação Médica Brasileira (AMB) recebeu oito denúncias sobre a falta de equipamento de proteção individual (EPI) para os profissionais de saúde da região que atuam na identificação ou tratamento de infectados pelo novo coronavírus. De acordo com as informações disponibilizadas, dentre os estabelecimentos de saúde denunciados, nenhum possui máscara tipo N95 ou PFF2; 75% não têm estoque de álcool gel 70%; e somente 37,5% dos locais garantem quantidades de luvas suficientes.

Desde o mês de março, a AMB tem disponibilizado uma plataforma específica para captação de reclamações e denúncias sobre a falta de equipamentos para profissionais que estão atuando na linha de frente no combate à covid-19. Para evitar represálias, a associação garante o anonimato dos denunciantes e, a partir dos relatos recebidos, comunica os estabelecimentos apontados, solicitando esclarecimentos e a atualização dos dados. Além disso, o Ministério da saúde é notificado, bem como o Conselho Regional de Medicina (CRM) e as Secretarias de Saúde Municipal e Estadual.

Na cidade de Passos, foi denunciado um ponto do Programa Saúde da Família (PSF) e um do programa de Estratégia de Saúde da Família (ESF). Em ambos os casos, foram relatados a falta de máscara tipo N95 ou PFF2, a ausência de óculos ou gorros, capote impermeável e álcool gel 70%.

No caso de Itaú de Minas, onde um PSF foi registrado, foi notificado que todos os EPIs necessários estão em falta. O mesmo ocorreu no posto de Saúde Bela Vista, localizado em Formiga e na Unidade Básica de Saúde Kennedy 1, em Poços de Caldas.