Destaques Saúde

Administração realiza mutirão contra a dengue no Distrito de Guardinha

16 de fevereiro de 2021

O mutirão contou com toda a equipe do Zoonoses. / Foto: Divulgação

S. S. DO PARAÍSO – A Prefeitura de São Sebastião do Paraíso realizou no Distrito de Guardinha, no sábado, 13, ações que mobilizaram a Vigilância em Saúde e as Secretarias de Obras, Saúde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agropecuário. Além de mutirão para o recolhimento de materiais que podem servir à proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, também foram feitas doações de mudas, vacinação de idosos com 90 anos ou mais, recolhimento de lixo eletrônico, manutenção da iluminação pública e início do calçamento de ruas.

Foto: Divulgação

De acordo com o coordenador do Controle de Zoonoses, Luciano Santana, foram removidos seis caminhões de entulho. São diversos materiais que poderiam contribuir para a proliferação do mosquito da dengue. O mutirão contou com toda a equipe do Zoonoses.

Agradecemos o apoio de todos. A ideia do mutirão é justamente esta: eliminar todo esse material para que o índice de infestação caia cada vez mais”, destacou.

Entre outras ações que foram realizadas, o Secretaria Municipal de Obras, Serviços Públicos e Planejamento Urbano iniciou o calçamento da rua Germano Guerra. A Prefeitura realizará o calçamento de diversas ruas daquela localidade, uma reivindicação antiga dos moradores do Distrito. Além disto, a equipe de manutenção da iluminação pública também realizou a troca de lâmpadas queimadas.

Foto: Divulgação

A Secretaria de Meio Ambiente, por sua vez, realizou o plantio de árvores e doação de mudas de diversas espécies, entre nativas e frutíferas. Uma equipe do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Região de São Sebastião do Paraíso também esteve no local realizando o recolhimento de lixo eletrônico. Por fim, a equipe de imunização da Vigilância em Saúde efetuou a vacinação contra a covid-19 na população idosa acima de 90 anos. Foram vacinados oito, dos nove idosos cadastrados na USF do Distrito e uma pessoa recusou a vacina.