Destaques Polícia

Vereador é preso após tumulto na Farmácia do Ambulatório São Lucas

8 de janeiro de 2021

Foto: Arquivo FM

PASSOS – O vereador João Benedito Serapião foi preso e encaminhado à 77ª Cia, na manhã desta quinta-feira, em Passos. Conforme documento de registro da ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por funcionárias da Farmácia Básica do Ambulatório São Lucas, que alegaram que o parlamentar estaria causando perturbação da ordem no local. Segundo as denúncias, o vereador, constantemente, iria até o São Lucas e criaria tumulto no local.


Você também pode gostar de:

Veículos são furtados em barracão

Serapião afirma que fora ao local desempenhar sua função como fiscalizador dos trabalhos públicos e acabou sendo alvo de uma denúncia por parte de funcionárias da farmácia. Ele assegurou que não houve, em nenhum momento, qualquer tipo de abuso de sua parte.

Pelo que foi relatado à PM, o sistema de registro dos medicamentos estava fora do ar, o que gerou reclamações por parte dos usuários do serviço, que por sua vez chamaram o vereador até o local. As funcionárias informaram que estavam atendendo desde as 7h, normalmente, porém, o sistema saiu do ar, o que teria tornado impossível entregar medicamentos controlados. Uma ex-funcionária teria confirmado que Serapião sempre ‘causa tumulto no local’.

O vereador informou que foi procurado por usuários dos serviços e, que, em momento algum foi grosseiro ou agrediu funcionárias.

Já trabalhei vários anos neste serviço, sou vereador atualmente e em outros tempos, quando um fato deste acontecia, de cair o sistema, os funcionários entregavam o medicamento, pegavam os dados da pessoa, retinham a receita e, em momento apropriado, colocavam os dados no sistema. Afinal de contas, a maioria das pessoas que ali estavam eram senhoras idosas, com dificuldades para voltar em outro momento e, ainda arriscando a saúde nesta pandemia. Deixei bastante claro a todos os presentes que somos todos funcionários do povo. Liguei ao prefeito Diego Oliveira e também ao chefe de Gabinete Ulisses Araújo informando da situação”, disse.

Ainda conforme Serapião, outra servidora do Centro de Especialidades Odontológicas não estava querendo atender a um paciente que o chamou para ajudar também.

Ouvi a reclamação dele, que disse estar com dor de dente. Esta servidora também disse que eu a xinguei, mas não procede. Como as servidoras não quiseram representar o B.O. fomos dispensados ali mesmo no São Lucas”, disse Serapião.

Segundo informações da PM, o vereador foi preso e encaminhado à 77ª Cia para registro e, por se tratar de crime de menor potencial ofensivo, não foi imposto o auto de prisão em flagrante e o autor assumiu o compromisso de comparecer ao Juizado Especial Criminal. Após o registro, Serapião foi liberado.