Destaques Polícia

Temporal derruba árvore no Estadual

Por Nathália Araújo / Redação

27 de outubro de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS – O temporal que atingiu Passos no fim da tarde de domingo, 25, derrubou um ipê amarelo com mais de 10 metros de altura. A árvore ficava nas dependências da escola estadual Professora Júlia Kubistschek, localizada no centro da cidade. Na ocasião, uma moto ficou presa debaixo dos galhos, e uma caminhonete que transitava pela rua foi atingida pela fiação da rede elétrica, que se soltou do poste – quatro pessoas tiveram que ficar no interior do veículo durante cerca de duas horas.

De acordo com as informações fornecidas pela equipe do 10º Batalhão de Bombeiros Militares (BBM), logo que o socorro foi acionado, as vítimas foram orientadas a não deixar o automóvel e não encostar na lataria, uma vez que a corrente elétrica poderia ser descarregada nos indivíduos. Profissionais da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) compareceram ao local do acidente para desligar o sistema e, quando todos foram retirados em segurança, a árvore foi cortada.

O colégio estadual está passando por obras de reparação e pela construção de um refeitório. Com a queda da árvore, parte da mureta da fachada foi destruída. Itamar José de Oliveira, diretor da instituição, explica que um colaborador já encontrou os moldes necessários para a restauração.

“Acredito que no máximo em três dias isso já será consertado. Sabendo que a escola tem 90 anos, é possível entender o quanto as árvores são antigas e, para evitar que coisas desse tipo voltem a acontecer, já estamos criando um requerimento solicitando que a prefeitura realize uma vistoria para identificar quaisquer possíveis problemas. Assim, poderemos tomar as devidas providências”, destacou.

Entre as 17h e as 18h de ontem, conforme profissionais do 5º distrito do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os ventos foram intensos e chegaram a 62,3 km/h. As previsões indicam que o estado de instabilidade deve se manter ao longo da semana, e municípios de toda a região podem enfrentar novos temporais.