Destaques Polícia

Resgates de afogamentos diminuem em 2021

Nathália Araújo / Redação

21 de setembro de 2021

Em 2021 foram registrados dois atendimentos, sendo que o último ocorreu no mês de maio:/ Reprodução

PASSOS – Dados fornecidos pela equipe da 2ª Companhia do Corpo de Bombeiros Militar de Passos apontam que o número de atendimentos envolvendo resgates em cachoeiras diminui neste ano em relação a 2020. Entre janeiro e setembro, foram duas ocorrências, e, no mesmo período do ano passado, quatro. Em 2019, foram seis. O último caso foi em 16 de maio, data em que João Venâncio da Silva, 65 anos, e Edna Ferreira Lara Fernandes, 49 anos, foram vítimas de um acidente no porto da Praia Vermelha, em Delfinópolis.

Com a proximidade da primavera, os termômetros já registram temperaturas mais altas. Assim, cada vez mais as pessoas procuram maneiras para se refrescar e, diante do aumento de banhistas em rios, lagos e cachoeiras da região, o comandante Daniel Anconi de Sousa orienta sobre cuidados que podem evitar possíveis acidentes. A principal dica é a observação das condições climáticas, já que a presença de chuvas em nascentes ou trechos mais altos pode formar trombas d’água que oferecem riscos de morte.

“É essencial ficar de olho nas crianças, não ingerir bebida alcoólica quando for nadar, não permanecer em locais com embarcações ou com o nível de água acima da cintura e, ainda, não participar de brincadeiras perigosas. Ao identificar um afogamento, o ideal é que não tente salvar a vítima, para evitar que o acidente não se torne ainda maior. Neste caso, aconselhamos que procure um objeto flutuante que possa ser lançado até o local e, assim, a pessoa consegue chegar até a margem, em segurança”, orienta o bombeiro.

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais lançou uma cartilha informativa sobre as principais precauções que devem ser tomadas com o intuito de garantir a segurança em locais para nado e passeios náuticos. O arquivo conta com um lembrete sobre os itens que devem ser levados, além de cuidados com a pele e com a alimentação dos banhistas. Para os interessados, o material está disponível no site www.bombeiros.mg.gov.br e pode ser baixado gratuitamente.

Em casos de afogamentos ou quaisquer acidentes que necessitem de resgate, o Corpo de Bombeiros pode ser acionada via telefone (193) na discagem rápida de emergência. Nas situações em que o serviço necessário for os primeiros socorros médicos e ou transporte das vítimas, o telefone indicado é o 192, uma vez que a ligação é encaminhada ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).