Destaques Polícia

Registros de crimes violentos diminuem

3 de outubro de 2020

Foto: Agência Brasil

BELO HORIZONTE – Entre janeiro e agosto, Minas obteve os menores índices de registros de crimes violentos nos últimos nove anos, segundo informações do governo do Estado. Na análise de 13 crimes caracterizados como violentos, o índice é 41,3% menor que o apresentado no ano de 2012, primeiro da série histórica (quando a atual metodologia de análise de dados, a partir do Registro de Eventos de Defesa Social – Reds, foi implantada).

As estatísticas de crimes violentos são do Observatório de Segurança Pública, da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), e somam os registros de homicídio consumado e tentado, extorsão mediante sequestro consumado, sequestro e cárcere privado consumado e tentado, estupro consumado e tentado, estupro de vulnerável consumado e tentado, roubo consumado e tentado e extorsão tentado e consumado. Além dos 13 crimes classificados tecnicamente como violentos, o Observatório também monitora mensalmente os registros de furto e lesão corporal. Dos 15 crimes, 14 estão em queda na comparação com o ano passado.

Homicídios

Importante indicador de criminalidade, o número de vítimas de homicídios consumados também foi o menor dos últimos nove anos, considerando a série histórica iniciada em 2012. Na comparação com 2019, a queda é de 2,2% e, quando comparado com 2014 – pico do número de vítimas homicídios consumados em Minas – há redução de 1.150 vítimas em 2020, representando uma baixa de 40,3%. Em Belo Horizonte, a redução foi de 25 mortes (-10,5%). No interior do estado, 646 municípios, ou seja, 75,7% do total, não registraram homicídios, mantiveram ou reduziram os índices em comparação aos oito primeiros meses (janeiro a agosto) do último ano.