Destaques Polícia

Queimadas já causaram 19 falhas no sistema elétrico

18 de setembro de 2020

Foto: Divulgação

PASSOS – Desde o fim de junho, quando as queimadas tornaram-se mais frequentes na região, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) já registrou 19 ocorrências envolvendo danos ao sistema elétrico. Cerca de 15 mil clientes sofreram prejuízos causados por falhas ou falta de energia. Em todo o estado, ocorreram 93 casos, que afetaram 43 mil pessoas. Nas unidades consumidoras impactadas, o aumento no índice foi de 377% em relação ao ano passado. O gerente de segurança do trabalho da Cemig, João José Magalhães Soares, esclarece que os fios são sensíveis às altas temperaturas.

O aquecimento dos cabos e equipamentos da rede elétrica pode levar ao desligamento de linhas de transmissão, de distribuição e em subestações. Piorando a situação, é possível causar graves acidentes com pessoas que estão próximas a estas áreas. Portanto, são muitos os transtornos causados para quem depende da energia elétrica que é interrompida pelas queimadas”, destacou.

Além disso, Soares ressalta que o fogo pode prejudicar o fornecimento de energia para hospitais e centros de saúde.

Uma de nossas maiores preocupações, devido ao avanço da covid-19, é a possibilidade da falta de energia, especialmente em unidades médicas. Isso cria uma necessidade ainda maior de manutenção da rede elétrica, que não pode ser interrompida. As queimadas, quando atingem o sistema da empresa e danificam equipamentos, tornam o restabelecimento mais demorado, causando problemas para todos”, disse o gerente.

Com o intuito de diminuir o índice de ocorrências na área de concessão da Cemig, a empresa deu início a uma campanha para reforçar as ações preventivas, com foco, principalmente, na limpeza das faixas de servidão, poda de árvores e arbustos.