Destaques Polícia

Prefeito de Capitólio vai propor plano de segurança

Por Adriana Dias / Redação

7 de janeiro de 2021

CRISTIANO AGENDOU UMA REUNIÃO COM A MARINHA PARA BUSCAR SOLUÇÕES. / Foto: Arquivo FM

PASSOS – O prefeito de Capitólio, Cristiano Geraldo da Silva, o Cristiano Gerardão assumiu no dia 1º de janeiro e, já no segundo dia de mandato, se deparou com um problema que, normalmente, no início de cada ano acontece: as cabeças d’água – fenômeno da natureza no qual a quantidade de água das cachoeiras aumenta abruptamente arrastando, inclusive, pessoas e levando algumas a óbito, como aconteceu no dia 2, no complexo de cachoeiras Cascatinha, com três jovens mortos e 19 pessoas envolvidas.

Para buscar soluções, o chefe do Executivo agendou para esta quinta-feira, 7, às 14h, no Restaurante Recanto do Turvo, uma reunião com representantes da Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros, PM e prefeitos de São João Batista do Glória, Celsinho, e de São José da Barra, Serginho criando um plano de ação.

De acordo com Gerardão, este assunto precisa ser bem discutido com as autoridades para que a segurança dos turistas esteja em primeiro lugar. “Nosso maior bem é a vida e, o turismo é o grande negócio da região, para isso, precisamos levantar as possibilidades de ações com todos os envolvidos”, informou.

Para o Delegado Fluvial de Furnas, Comandante Fábio Bambace, mesmo a Marinha do Brasil tendo jurisdição apenas sobre águas navegáveis, o que não é o caso das cachoeiras, a corporação vai participar da reunião e ele se disse preocupado com acidentes como esse que aconteceu no início do ano. “Estamos dispostos a participar e ajudar como for possível”, informou à reportagem.