Destaques Polícia

Polícia faz reconstituição da morte de casal em Passos

23 de outubro de 2020

Suspeito foi trazido do presídio de Botelhos para a ação de reconstituição do crime. / Foto: Divulgação

PASSOS – A reconstituição dos assassinatos do caseiro Antônio Rodrigues Mota, de 61 anos, e de sua companheira, Kenia Cristina dos Santos, de 42 anos, foi realizada pela Polícia Civil na manhã de ontem. Os crimes foram cometidos no dia 28 de setembro em uma fazenda localizada próximo ao km 364 da rodovia MG-050.

Segundo o delegado Danilo Gustavo Silva Costa, que investigou o caso, o suspeito pelas mortes, um homem de 31 anos que foi preso em Jaíba (MG) no dia 2 de outubro, colaborou com a reconstituição. Ele foi trazido do presídio de Botelhos, onde aguarda o período de quarentena por conta do novo coronavírus, para a ação da Polícia Civil.

Ainda de acordo com o delegado, ele confirmou que foi até a fazenda, no dia dos crimes, para cobrar uma dívida de R$50 do caseiro. O suspeito era ex-cunhado de Antônio. Durante a conversa, segundo o relato feito à polícia, ele e Antônio se desentenderam e entraram em luta corporal. O caseiro foi morto com pauladas na cabeça. Depois de matar Antônio, o suspeito entrou na casa dele para pegar a motocicleta do caseiro. Kenia, que estava no local, tentou impedi-lo e foi morta por asfixia com um fio de carregador de celular. Após os crimes, o suspeito roubou a moto e fugiu.