Destaques Polícia

Polícia Civil realiza operação de repressão a furtos em zona rural

24 de julho de 2020

Foto: Divulgação (Site EBC)

S.S. PARAÍSO – Na tarde de quarta-feira, 22, a Polícia Civil desencadeou a operação “Cachoeira”, visando à repressão aos crimes patrimoniais praticados na zona rural de São Sebastião do Paraíso. Ao todo, foram cumpridos dez mandados de busca e apreensão, sendo oito no Condomínio Cachoeira e os demais no bairro Santa Tereza. Diversos materiais de origem duvidosa foram apreendidos, inclusive alguns que teriam sido subtraídos das propriedades.

Segundo a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil, as investigações abrangeram mais de uma dezena de ocorrências registradas nos últimos dois anos em Paraíso e em outros municípios da microrregião. Além dos delitos de furto e receptação, a operação também teve foco nos delitos de ameaça e lesão corporal. Um homem suspeito de participar dos crimes foi preso.

De acordo com os levantamentos realizados, 12 suspeitos de envolvimento nos crimes já foram identificados, bem como apurada suas respectivas participações. Os policiais civis ainda identificaram os locais usados para as práticas criminosas, motivo pelo qual a polícia representou à Justiça por buscas nos imóveis alvos da ação.

Também de acordo com informações da Delegacia Regional, os materiais apreendidos vão instruir os próximos procedimentos investigativos. O delegado Leandro Zucoloto, que coordenou os trabalhos, destacou o resultado positivo:

A operação teve o êxito esperado, já que os suspeitos foram qualificados e diversos materiais arrecadados, demonstrando à população rural a eficiência dos trabalhos da Polícia Civil”, disse.

Mais de 30 policiais civis participaram da operação, que contou com o apoio das unidades de São Tomás de Aquino, Jacuí, Monte Santo de Minas e Itamogi. As investigações levaram cerca de quatro a cinco meses. As vítimas devem procurar a delegacia e registrar o Boletim de Ocorrência já que, somente assim, os materiais furtados podem ser devolvidos.