Destaques Polícia

Polícia apreende cerca de 4 toneladas de droga em apartamento

15 de Maio de 2021

4 toneladas de drogas foram apreendidas em Juiz de Fora na tarde da última quinta-feira, 14. / Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) apreendeu cerca de 4 toneladas de drogas, na tarde da última quinta-feira, em Juiz de Fora. Segundo informações da corporação, a apreensão ocorreu em uma operação realizada em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) no bairro Bom Pastor. No local onde os entorpecentes foram apreendidos, a polícia prendeu, em flagrante, um homem de 35 anos.

Ainda segundo a polícia, o delegado Rogério Woyame, afirma que a operação é resultado de ação conjunta com a PRF com objetivo de identificar e apreender veículos clonados e roubados em Juiz de Fora. De acordo com o delegado, muitas vezes, veículos com essas características costumam ser utilizados pelo tráfico para evitar “prejuízo” em caso de apreensões.

Muitas vezes, em ações para abordar este tipo de veículo, a equipe chega a pessoas transportando droga. Os policiais identificaram a pessoa, foram apreender o carro e encontraram essa grande quantidade de droga, que estava armazenada em um apartamento”, disse o delegado.

De acordo com o delegado, o apartamento não era utilizado só para armazenar a droga, mas sim para refinar a mesma.

Eles estavam extraindo o óleo do THC (tetra-hidrocanabinol) da maconha, para fazer o haxixe. No local, havia também skunk, ecstasy e produtos químicos para transformar a pasta base de cocaína no produto final. Era um local não só de guarda, mas também de refino da droga, de prepará-la para a venda e distribuição”, disse Woyame.

É possível que a cidade (Juiz de Fora) seja usada como entreposto, tendo em vista a facilidade de se deslocar com essa droga pelas estradas, distribuindo-a para outras cidades de Minas, assim como para o estado do Rio de Janeiro e Espírito do Santo“, afirma.

Para o delegado Armando Avólio Neto, que responde pela 1ª Delegacia Regional, a importância desta operação da Polícia Civil, que culminou na apreensão de cerca de 3,5 toneladas de maconha, 140 quilos de cocaína, 100 quilos de Skunk, aproximadamente 10 quilos de pasta base de cocaína, 10 mil comprimidos de ecstasy, duas armas calibre 12, duas pistolas, um revólver e farta munição.

Consideramos muito bem-sucedida essa operação, uma vez que conseguimos dar um prejuízo de mais de R$10 milhões nessa organização criminosa. Tão importante quanto, é retirar de circulação essas armas e drogas, é o prejuízo financeiro que causamos nessa organização criminosa, dificultando a sua volta a esse mercado ilícito de entorpecentes, onde, quem ganha com tudo isso, é a população de Juiz de Fora”, destacou o delegado.

O chefe do 4º departamento de Juiz de Fora, Dr. Gustavo Adélio Lara Ferreira, parabenizou todos os policiais envolvidos nesta ação, que resultou nesta grande apreensão de drogas. Disse que as investigações vão continuar, já que se trata de uma poderosa organização criminosa e todos os envolvidos precisam ser qualificados e presos.

Foi importante a prisão deste sujeito e de toda essa droga apreendida, mas precisamos desmantelar essa organização criminosa, prendendo todos os envolvidos”, finalizou o delegado.