Destaques Polícia

PM prende suspeito de homicídio em Itaú

18 de junho de 2020

Depois de golpeado, o corpo de Alex foi arrastado até o cruzamento com a rua João Cesarino Sobrinho, onde foi encontrado pelos policiais. / Foto: Helder Almeida

ITAÚ DE MINAS – A Polícia Militar prendeu, na tarde ontem, um suspeito de homicídio em Itaú de Minas. No crime, um homem de 42 anos foi morto a facadas, na madrugada desta quarta-feira. Segundo informações da Polícia Militar, a causa do homicídio teria sido ciúmes. De acordo com a polícia, Alex Queiroz Penido, que trabalhava como serviços gerais, estava em companhia de outras quatro pessoas, duas mulheres e dois homens, em uma casa na rua Antônio Domingos Júnior, onde foi esfaqueado.

Depois de golpeado, o corpo de Alex foi arrastado até o cruzamento com a rua João Cesarino Sobrinho, onde foi encontrado pelos policiais. Na tarde de ontem, a PM prendeu Luiz Fernando da Silva, de 42 anos, apontado como o autor do homicídio. Durante a madrugada, logo após o crime, a PM já havia detido S. A. F. O., de 45 anos, proprietária da residência onde Penido teria sido morto e acusada de ter tentado ocultar marcas de sangue na casa.

Segundo a PM, as outras pessoas que estavam no imóvel relataram que eles estavam bebendo e que Fernando teria ficado com ciúmes de Alex e o esfaqueado com golpes no peito, abdômen e nas costas. De acordo como os relatos, Alex e a atual namorada de Fernando, que também estava na casa, já haviam tido um relacionamento, anteriormente, o que teria motivado os ciúmes.

A PM informou ainda que, na residência onde Alex teria sido morto, foram encontradas duas facas sujas de sangue e também marcas de sangue no chão, na parede e no sofá. A suspeita é que Alex tenha sido morto no sofá e seu corpo foi arrastado até a esquina da rua. Após o crime, segundo a PM, a dona do imóvel teria tentado limpar as marcas de sangue.