Destaques Polícia

PM prende suspeito de assaltar posto de combustíveis

9 de setembro de 2020

Foto: Agência Brasil

ALPINÓPOLIS – Um posto de combustíveis, localizado na entrada principal de Alpinópolis, no bairro Jardim do Trevo, foi assaltado na noite desta segunda-feira, 7. Dois indivíduos encapuzados fugiram levando certa quantia em dinheiro e um deles foi preso, logo em seguida, pela Polícia Militar. Por volta das 20h, a dupla chegou ao Posto JPS, situado na Avenida Governador Valadares, e anunciou o assalto no momento em que era realizado um abastecimento. Um dos indivíduos chegou a encostar uma arma – que aparentava ser de brinquedo— no corpo do frentista, de 25 anos, exigindo que fosse entregue todo o dinheiro de seu bolso e do caixa do estabelecimento. Após o roubo, ambos fugiram, a pé, indo sentido ao bairro Rosário.

O frentista acionou a PM que, rapidamente, compareceu ao local. Verificando as câmeras de segurança, os policiais perceberam certas semelhanças físicas e comportamentais dos autores com alguns indivíduos já conhecidos pela prática de outros delitos na cidade. Assim, foi possível identificar a dupla. Um deles, um rapaz de 21 anos, encontra-se em prisão domiciliar e o outro, de 24 anos, possui extensa ficha criminal. De posse das informações, a PM iniciou rastreamento e, nas proximidades da residência dos suspeitos, percebeu uma movimentação atípica quando a viatura se aproximou.

Os dois suspeitos fugiram do local e entraram em um matagal existente nas proximidades. Um deles, o mais velho, foi alcançado, dominado pelos militares e acabou confessando a participação no crime. Já o outro, até o momento, não foi localizado. Nas buscas realizadas dentro da residência, foi encontrada, dentro de uma bolsa, parte do dinheiro levado durante o assalto. O suspeito capturado recebeu voz de prisão, foi encaminhado ao pronto-atendimento do Hospital Cônego Ubirajara Cabral e, em seguida, levado para a delegacia de Polícia Civil, em Passos, onde foi autuado em flagrante delito pelo delegado plantonista. O outro, ainda está sendo procurado.