Destaques Polícia

PM faz doações de computadores para famílias de baixa renda em Alpinópolis

25 de junho de 2021

famílias de baixa renda receberam computadores da pm:/ Divulgação

ALPINÓPOLIS – Os integrantes do 3º pelotão da Polícia Militar em Alpinópolis entregaram computadores a algumas famílias de baixa renda que possuem crianças e adolescentes em idade escolar e que têm acesso limitado devido a quantidade de aparelhos na residência. A doação foi feita por meio de parceria com comerciantes e a população, que arrecadaram aparelhos eletrônicos, principalmente CPUs, monitores, caixas de som e estabilizadores que não eram mais utilizados em residências ou estabelecimentos comerciais e que foram recebidos no Quartel da PM.

Os militares buscaram apoio de uma loja de manutenção de computadores da cidade, que realizou gratuitamente a manutenção e verificaram peças e acessórios reaproveitáveis e em condições de uso, deixando várias máquinas em condições de serem utilizadas, sendo instalados programas para que crianças e adolescentes acessem conteúdo escolares devido ao sistema remoto de ensino adotado com a pandemia de covid-19.

“Fomos procurados pela Polícia Militar e então firmamos a parceria com essa nobre campanha. É gratificante ajudar o próximo e ainda mais poder fazer algo pelo aprendizado das crianças”. Disse Naéder Lourenço, proprietário da loja de informática.

Em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura Municipal, foi realizado um levantamento junto às escolas municipais de algumas famílias que necessitavam de acesso a aparelhos para acessar material escolar para assistirem vídeos e realização de pesquisas.

“Hoje, as mídias digitais estão acessíveis a toda população, porém existem famílias que possuem limitações no numero de aparelhos para a quantidade de crianças. Em uma das famílias que realizamos a doação, eram seis crianças para dois aparelhos celulares, o que dificulta o aprendizado e deixa os pais em dificuldade. Nós, militares do 3º Pelotão, ficamos felizes por poder ajudar e assim contribuir com a educação dos nossos jovens”, disse o cabo Juliano Pereira de Souza.