Polícia

PC prende suspeito de matar cunhado

30 de abril de 2020

ALPINÓPOLIS – A Polícia Civil prendeu, na tarde da última terça-feira, 28, em Alpinópolis, um rapaz suspeito de ter assassinado o cunhado com diversas facadas em um rancho do município de São Bento do Sapucaí (SP), localizado na divisa com Minas. O corpo foi jogado em um rio e encontrado por um pescador, alguns dias depois, cerca de 20 km abaixo, já na cidade de Gonçalves-MG.

Ele foi surpreendido no setor de identificação da delegacia de Alpinópolis quando tentava tirar uma carteira de identidade. Em consulta ao sistema policial, os investigadores constataram que se tratava de um indivíduo procurado, contra quem havia um mandado de prisão expedido pela Comarca de Paraisópolis-MG, da qual faz parte a cidade de Gonçalves.

Durante o interrogatório, o rapaz acabou confessando o assassinato aos investigadores de Alpinópolis. Ele já havia sido ouvido, anteriormente, em Paraisópolis, porém tinha negado ser o autor do crime. Desde então, estava foragido.

O homicídio ocorreu em 17 março de 2016. À época, havia um registro de desaparecimento da vítima, um jovem de 21 anos, conforme especificado em um boletim da Polícia Civil de São Bento do Sapucaí. O corpo foi encontrado com várias perfurações de faca e outros sinais de violência, quatro dias depois. O principal suspeito do assassinato era justamente o cunhado, um rapaz de 23 anos. Há suspeição, ainda, que a esposa da vítima – e irmã do suspeito – tenha participado do crime.

Após ser identificado, e ter o mandado cumprido, o suspeito foi encaminhado para o presídio de Guaranésia/Guaxupé, onde se encontra à disposição do Poder Judiciário. Ele estava foragido e residia em Alpinópolis há algum tempo.