Destaques Polícia

PC prende suspeito de estuprar babás em BH

16 de janeiro de 2021

Foto: Agência Brasil

BELO HORIZONTE – A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, na última quinta-feira, 4, um homem suspeito de cometer pelo menos dois estupros na capital. A prisão do rapaz, de 20 anos, ocorreu no bairro Jardim Taquaril, região Leste de Belo Horizonte.

Até o momento, uma adolescente, de 15 anos, e uma jovem, de 18, foram identificadas como vítimas, tendo sido os crimes cometidos nos dias 3 de janeiro deste ano e 13 de dezembro de 2020, respectivamente. A delegada Isabella Franca destaca que “podem existir outras meninas violentadas por ele, mas que ainda não procuraram a polícia para fazer o registro da ocorrência”.

Franca ainda explica que o investigado agia sempre da mesma forma, utilizando um aplicativo para contratar serviços de babá com a finalidade de escolher e contatar as vítimas. Contratadas, o suspeito acionava um aplicativo de transporte para levá-las até a casa em que elas prestariam os serviços.

No decorrer do caminho, ele falava com as vítimas que seria feita uma parada no trajeto e um primo dele, que também iria para o mesmo local, entraria no carro para acompanhar até a casa. Na verdade, não é um primo, é o próprio autor”, detalha a delegada.

Depois disso, chegando ao local de destino, o suspeito levava as vítimas para uma mata, onde aconteciam os abusos. “Ele as amarra (as vítimas) pelos braços com a blusa delas mesmo e pratica a violência sexual. Em seguida, ele deixa as vítimas nesse local e sai a pé”, afirma a delegada.

Ela aproveita para alertar que vítimas de crimes sexuais devem procurar um hospital de referência, onde podem cuidar da saúde e fazer a coleta do material genético do agressor. “Essa é uma prova que não tem como contestar o exame do DNA, se existe material genético naquela vítima é porque de fato foi aquele agressor”, afirma.