Destaques Polícia

Operação Alerta Vermelho fiscaliza 16 supermercados

Por Laura Abreu / Redação

11 de novembro de 2020

Foto: Divulgação (Agência Brasil)

PASSOS- A 2º Companhia de Bombeiros Militar de Passos realizou, na última quinta-feira, 5, das 8h30 às 16h, a Operação Alerta Vermelho, com o objetivo de fiscalizar a execução das medidas de segurança contra incêndios e pânico nos estabelecimentos comerciais. Na ação, seis bombeiros fiscalizaram 16 supermercados do município. A operação foi realizada simultaneamente em todo o território estadual.

Dos supermercados fiscalizados, 15 estavam regulares e apenas um apresentava irregularidade, mas, como informou o tenente Roberto Moraes Siberio, a pendência é documental e de fácil resolução. O estabelecimento tem 60 dias para regularizar a situação e, após o prazo, os bombeiros voltam ao local para verificar se foi feita a adequação solicitada. Sobre o resultado das fiscalizações, o tenente avalia como positivo e acrescenta que “geralmente os supermercados em Passos estão sempre regularizados”.

O estado inteiro faz esta operação, é uma orientação fiscalizatória. Essa ação visa combater essa parte de legalização do sistema preventivo. O que a gente cobra, nesses estabelecimentos em que circulam um grande público, é esse sistema. É obrigação para dar o mínimo de segurança, cobramos o mínimo para assegurar as pessoas. Nós nos concentramos em estabelecimentos maiores e, na medida do possível, procuramos fazer em todos”, comentou.

Ainda de acordo com o tenente Siberio, essa operação é feita anualmente, em geral de dois em dois meses, mas, com a pandemia do novo coronavírus, haviam ocorrido apenas duas ações: uma no início do ano e outra em outubro, quando foram fiscalizadas as agências bancárias da cidade. A próxima está prevista para dezembro e deve fiscalizar os postos de combustíveis.


Auto de vistoria

Nesta ação é solicitado, em primeiro lugar, o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), documento que garante que os estabelecimentos seguem as normas de segurança contra incêndios. Após solicitarem o documento, os bombeiros vistoriam as instalações e conferem se está tudo em situação regular, como os extintores. Caso o local não possua o AVCB, é feita uma notificação. Se não houver regularização, o estabelecimento pode ser multado – quanto maior o local, maior a multa. Além de fiscalizarem, os bombeiros, nessa operação, também orientam os proprietários dos estabelecimentos sobre a importância das medidas de
prevenção.