Destaques Polícia

Modelo é vítima de cyberbullying pela 2ª vez

25 de novembro de 2020

Foto: Divulgação

S. J. DA BARRA – A modelo Érica Lana Vitório, de São José da Barra, foi vítima de cyberbullying nas redes sociais no último domingo, 22. Érica postou, em seu perfil pessoal no Facebook, algumas fotos de um ensaio fotográfico que fez e uma pessoa comentou ‘Tá no cio?’. Livian Dias, fotógrafa que fez o ensaio da modelo, ao ver o comentário entrou em defesa de Érica.

O agressor foi identificado e a modelo tomará as medidas cabíveis para que o mesmo seja responsabilizado diante da justiça. Erica diz que está mal com a situação e que ainda não conseguiu ir até a delegacia formalizar a denuncia, mas que fará ainda essa semana.

Ainda não fiz a denúncia, mas estarei fazendo essa semana e tomarei todas as medidas cabíveis para que ele seja responsabilizado. Só ontem que fui ver o comentário e estou muito mal com a situação, não tem como me sentir bem”, relata a modelo.

É a segunda vez que a modelo sofre ataques virtuais, o primeiro foi na primeira semana de novembro onde divulgaram uma foto de Érica nas redes sociais com a frase ‘se você acha que 2020 tá ruim pra você, imagina para a Adriana Modas para achar modelo’. O responsável pelo primeiro ataque ainda não foi identificado, mas Érica continua a busca para encontrá-lo.

Cyberbullying é crime e se enquadra como injúria, calúnia ou difamação e a denuncia deve ser feita na delegacia. A pena para esse tipo de crime é de multa, detenção de seis meses a dois anos e, em casos de racismo, a pena de reclusão pode aumentar para até 3 anos.