Destaques Polícia

Mais uma casa abandonada é incendiada em Paraíso

8 de Maio de 2020

Bombeiros agiram rápido e conseguiram evitar que as chamas atingissem demais cômodos da casa.

S.S. PARAÍSO -O Corpo de Bombeiros de São Sebastião do Paraíso atendeu mais uma ocorrência de incêndio em imóvel abandonado no município na madrugada de ontem, 7. A suspeita é que, mais uma vez, a origem das chamas tenha sido criminosa. Até o momento, nenhum suspeito foi identificado e ninguém ficou ferido.

Por volta das 4h50, o 2º Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar recebeu a informação de que havia grande concentração de fumaça saindo da janela de uma casa situada à rua Antônio Caetano de Paula, no bairro Residencial Santa Tereza. Já no local, a guarnição agiu rápido e conseguiu conter as chamar que atingiam a sala da residência, impedindo que o fogo se propagasse para os outros cômodos.

Não haviam ninguém no imóvel no momento do incêndio e os danos foram apenas materiais. Segundo os bombeiros, foram atingidos dois sofás, uma estante, uma televisão de 20 polegadas. Além disso, parte da estrutura da residência foi comprometida, principalmente as paredes da sala e o madeiramento do telhado da área externa.

Após combater as chamas, a guarnição foi informada que o imóvel está em estado de abandono e que, segundo populares, é frequentado por vândalos e usuários de drogas. O proprietário da casa e o suposto autor do incêndio não foram localizados. A Polícia Militar, a perícia técnica da Polícia Civil e a Defesa Civil estiveram no endereço e tomaram as providências cabíveis.

Esse foi o terceiro caso de incêndio a residências registrado pelos bombeiros na primeira semana de maio, sendo o segundo em imóvel abandonado. O primeiro ocorreu na Vila Muschioni, na madrugada de terça-feira, 5, e destruiu parte de uma casa que servia de abrigo para andarilhos. Assim como na ocorrência de ontem, a origem do fogo também pode ter sido criminosa. Nenhum suspeito foi identificado até o momento e não se sabe se os dois fatos têm alguma ligação.

Ralph Diniz/Especial