Destaques Polícia

Homem responderá por ofensas feitas a policiais em Paraíso

Por Ralph Diniz / Especial

8 de outubro de 2020

ELE DEVERÁ SER ACIONADO NA JUSTIÇA POR USAR PALAVRAS OFENSIVAS E DE BAIXO CALÃO PARA SE REFERIR A POLICIAIS MILITARES DE PARAÍSO EM UM GRUPO DE WHATSAPP. / Foto: Divulgação

S. S. PARAÍSO – Um homem que ofendeu policiais militares em um grupo de WhatsApp de um condomínio de São Sebastião do Paraíso deverá responder criminalmente pela atitude. A ofensa chegou à PM através de denúncia anônima de um dos moradores do local. Durante uma conversa entre moradores do condomínio de chácaras situado às margens da BR-491, um morador passou a se referir a policiais militares que atuam no município com palavras ofensivas e de baixo calão.

O fato causou revolta em diversos condôminos que participam do grupo, e um deles salvou as imagens com as mensagens do vizinho e as encaminhou ao 43º Batalhão de Polícia Militar de São Sebastião do Paraíso. Em seguida, uma equipe de policiais foi até o endereço do acusado. No local, porém, familiares do condômino informaram que ele havia viajado e não se encontrava na residência. Diante disso, um boletim de ocorrência criminal delegando responsabilidade ao homem foi registrado. Além de responder pelos atos na Justiça, o autor poderá ter de indenizar os policiais ofendidos.

O crime de desacato está previsto no artigo 331 do Código Penal Brasileiro e pode render ao acusado uma pena de seis meses a dois anos de prisão, além de multa. Segundo a Polícia Militar, criticar qualquer instituição estadual “passa a ter conotação criminosa quando deixa de ser liberdade de expressão e passa a ser depreciativo à imagem, ao decoro ou à honra de qualquer de seus componentes”.