Destaques Polícia

Governo divulga lista com 21 criminosos mais procurados em Minas

23 de abril de 2021

Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) divulgou nesta quinta-feira, a nova lista com do programa “Procura-se” com inclusão de 21 criminosos considerados prioritários para captura pelo sistema de Segurança Pública de Minas. A iniciativa busca a prisão de indivíduos foragidos da Justiça, com mandados de prisão em aberto.

O “Procura-se” é coordenado pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública e tem a parceria da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Ministério Público do Estado.

Os alvos desta edição do programa foram escolhidos por todas as instituições considerando a prática reiterada de crimes graves como homicídio, roubo e tráfico de drogas. Parte dos indivíduos listados também possui relação com explosões de caixas eletrônicos no estado, além de assaltos armados a bancos – prática denominada novo cangaço. O secretário de Justiça e Segurança Pública em Minas, Rogério Greco, destacou o papel fundamental das denúncias anônimas para captura desses indivíduos.

A partir do momento em que a campanha é lançada, todas as forças estão unidas para buscá-los. A colaboração da sociedade é muito importante. Precisamos que todos se unam e denunciem o paradeiro desses alvos no 181. Uma vez que as fotos são divulgadas, eles vão perder a tranquilidade. Não vão mais se sentir seguros aqui em Minas”, afirma.

A Polícia Rodoviária Federal e a Polícia Federal destacaram que vão trabalhar para que as fotos de todos os foragidos sejam reconhecidas em todo o território nacional. A ideia é que abordagens nas estradas, por exemplo, possam diminuir a chance de fugas. Já o Ministério Público trabalhará na inclusão dos alvos prioritários no banco de mandados do Conselho Nacional de Justiça e acompanhará os que forem capturados, via sistema de Justiça, para garantir a efetividade das prisões.

A divulgação dos 21 procurados também inibe a circulação dos criminosos listados. Nas três edições anteriores do “Procura-se” (2011, 2012 e 2017), 29 criminosos dos 41 procurados foram presos com a ajuda da população por meio de denúncias ao 181. A ligação para o 181 Disque Denúncia é sigilosa e anônima.