Destaques Polícia

Estelionatários aplicam golpe do padrão de energia

Por Adriana Dias / Redação

28 de julho de 2020

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

PASSOS – O empresário Alexandre Maia Lemos informou que, nesta semana, quase foi vítima de um novo golpe aplicado por bandidos. Ele recebeu uma ligação de uma de suas funcionárias em seu estabelecimento comercial dizendo que ligaram da Justiça Federal falando sobre uma multa com a companhia de energia, a Cemig, e que em aproximadamente uma hora iriam retirar o padrão de energia.

O que você também vai ler neste artigo:

  • Cemig emite alerta de golpe contra consumidores mineiros

Eu liguei no número que deixaram, o golpista passou um número de telefone para que entrássemos em contato. Neste número, informaram ser da 4ª Vara da Justiça Federal e, inclusive, passaram para outro número que seria do setor que cuidava de dívidas com a Cemig e uma servidora que verifica o débito. Com o coração na mão, liguei e fui informado de que eu já havia sido notificado há cerca de um ano. Processo de modernização da Cemig que eu não teria atendido a esta notificação, que, segundo eles, eu não teria acatado a respeito da troca de padrão por um digital que seria mais econômico, e que, por descumprir esta troca eu estava sendo multado. Que teria sido notificado, mas nunca fui notificado de nada disso. Era algo em torno de R$6 mil e que seria uma dívida de cerca de um ano atrás. Porém, esse número pertence a um cúmplice, que se encarrega de confirmar as falsas informações”, disse Maia.

Ainda conforme o comerciante, ele foi intimidado a fazer uma TED no valor de R$6 mil para que o padrão não fosse retirado e que a equipe já teria se deslocado para fazer a retirada.

Comecei a desconfiar e dizer que não era possível fazer o pagamento desta quantia assim, na hora, por transferência bancária por celular. Ela disse para depositar menos e que dividiria nas próximas contas da Cemig. Comecei a ver que era golpe. Me deu meia hora para fazer o depósito. Nisso liguei na Cemig e eu não tinha nenhuma dívida. Liguei na Justiça Federal, que não confirmou o número. Sei que me senti sequestrado emocionalmente quando descobri que era um golpe”, disse.

Vários outros comerciantes também relataram ter recebido a ligação. Não conseguimos informação de quem tenha caído e pago o valor. Até o fechamento desta edição, nenhum Boletim de Ocorrências ou comunicação com a Delegacia Regional de Passos havia sido feita, conforme informou o delegado Marcos Pimenta.

Cemig emite alerta de golpe contra consumidores mineiros

BELO HORIZONTE – A população deve ficar atenta à atuação de estelionatários que utilizam o nome da Cemig em tentativas de extorsão e golpes no Sul e Oeste de Minas. Moradores estão sendo abordados, via telefone, por indivíduos que se apresentam como funcionários da empresa e estão cobrando por uma suposta dívida antiga com a companhia, utilizando inclusive o nome da Justiça Federal e outros órgãos para tentar legitimar o golpe. A Cemig esclarece que, ainda que a realização da cobrança seja feita por meio de empresa credenciada, a companhia não utiliza dos meios de depósito/transferência para recebimento de valores devidos.

A Cemig recomenda que o consumidor exija a identificação daqueles que se apresentam em nome da Empresa. Todos os funcionários da Cemig, ou de empreiteiras a serviço, usam crachá de identificação e uniforme. Se a cobrança for via telefone, a empresa recomenda fortemente que os clientes liguem imediatamente para o Fale com a Cemig, através do número 116, para verificação da autenticidade do contato. Além disso, a consulta de valores pendentes pode ser realizada por meio do WhatsApp (31-3506-1160), Telegram (@cemigbot), por SMS pelo número 29810, no Facebook e Twitter pelo chat (https://www.facebook.com/cemig.energia/) e (https://twitter.com/cemig_energia), e também pelo App Cemig Atende e Agência Virtual (atende.cemig.com.br). A Cemig orienta que, nesses casos, seja registrado boletim de ocorrência por segurança do cliente e para que a polícia civil possa investigá-los.