Destaques Polícia

Corpo de Bombeiros inicia treinamento para estiagem

4 de fevereiro de 2021

Mais de 250 bombeiros militares participam de atividade de instrução sobre incêndios florestais. / Foto: Divulgação

BELO HORIZONTE – O período chuvoso ainda não acabou, mas o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) já deu início a ações de preparo para a época de estiagem, que começa em maio.

Mais de 250 militares do Curso de Formação de Soldados (CFSd) participam, durante toda esta semana, de atividade de instrução sobre incêndios florestais no Parque Estadual Serra do Rola Moça, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As ações são fruto de parceria com a administração da Unidade de Conservação (UC), que também irá contribuir com uma palestra para os novos militares sobre as características da unidade.

O treinamento envolve também prática da atividade com fogo; reforço de habilidade e de procedimentos de segurança;  utilização correta dos equipamentos de proteção individual (EPI) como capacete, óculos, máscaras, perneiras, luvas, balaclavas, entre outros, todos indispensáveis para a proteção ao bombeiro militar.

No ano passado, o Corpo de Bombeiros atendeu a 20.741 ocorrências de incêndio florestal em todo o estado. Destes, 8.601 foram combatidos em lotes vagos, muitas vezes provocados por incendiários criminosos.

Uma das ações é trabalhar com a população, para incentivar que as pessoas denunciem as infrações, e investir em campanhas educativas pró conscientização. Segundo o CBMMG, a agenda de atividades de prevenção e combate aos incêndios florestais segue até o próximo período de estiagem, em maio.


Formação

O treinamento de efetivo consiste em execução de técnicas de aceiro, combate a incêndio em vegetação, identificação e apresentação do parque. Também são repassadas instruções sobre como o militar deve se portar em terrenos acidentados e de difícil locomoção, considerando situações reais e cotidianas à profissão, como forte calor e uso de equipamentos pesados e/ou robustos (exemplo é a bomba costal, que pesa 20 quilos).

A formação ainda envolve planejamento antecipado e preparação para as missões de combate. Destaque para capacitação realizada na última semana com os alunos do CFSd, treinamento que propõe a qualificação dos miliares e o reforço de efetivo na temporada das queimadas. Completa a lista o treinamento técnico em atividades para aprimorar condicionamento físico e resistência.

O Corpo de Bombeiros reitera que as atividades presenciais no Parque do Rola Moça foram realizadas ao ar livre e com a devida atenção aos protocolos sanitários de prevenção à covid-19.