Destaques Polícia

Comerciante é executado em São Sebastião do Paraíso

Por Ralph Diniz / Especial

23 de dezembro de 2020

HOMEM FOI MORTO COM TIROS À QUEIMA ROUPA DENTRO DO SEU ESTABELECIMENTO COMERCIAL. TESTEMUNHAS DISSERAM QUE UMA DÍVIDA MOTIVOU O CRIME. / Foto: Divulgação

S.S. PARAÍSO – Um comerciante foi executado a tiros na noite de segunda-feira, 21, em São Sebastião do Paraíso. O crime, que teria sido motivado por uma dívida, aconteceu no interior da adega da vítima, na avenida Wenceslau Braz. O autor dos disparos foi identificado, mas continua foragido.

Imagens do circuito interno do estabelecimento registraram o momento em que a vítima, Luiz Fernando Aguiar, de 36 anos, discute com um homem dentro da loja. Logo depois, por volta das 23h50, o autor saca uma arma da cintura e faz alguns disparos em direção ao empresário, que morre no local ao ser atingido na cabeça, nas costas e em outras partes do corpo. Duas pessoas que estavam no local não tiveram ferimentos.

Segundo informações da Polícia Militar, as testemunhas disseram que A.L.S.F., de 34 anos, entrou no estabelecimento para tratar de uma suposta dívida com Luiz Fernando. Os dois, então, teriam se desentendido e o autor efetuou os disparou contra o comerciante. Em seguida, as imagens mostram o homem deixando a adega e fugindo em uma caminhonete Fiat Toro.

O 43º Batalhão de Polícia Militar foi acionado e deu início ao rastreamento de A.L.S.F., contudo, até o fechamento desta reportagem, o autor continuava foragido. Corporações de municípios vizinhos e do interior de São Paulo foram informados sobre o crime e ajudam na localização do criminoso.

O corpo de Luiz Fernando Aguiar foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Passos. Depois, retornou para São Sebastião do Paraíso, onde foi sepultado no Cemitério da Saudade no fim da manhã de ontem, 22.