Destaques Polícia

Briga por bebida alcoólica termina em morte em Paraíso

Por Ralph Diniz / Especial

27 de agosto de 2020

O crime ocorreu na noite de terça-feira, 25, próximo à Praça da Abadia. / Foto: Diego Terloni - Líder TV

S. S. PARAÍSO – Durante uma briga entre vários indivíduos, um homem foi morto no bairro Mocoquinha, em São Sebastião do Paraíso. A vítima, Emerson Carlos de Souza, de 32 anos, foi esfaqueada e morreu antes de dar entrada na Santa Casa de Misericórdia. O crime ocorreu na noite de terça-feira, 25, próximo à Praça da Abadia. Dois suspeitos foram presos.

Por volta das 20h, o 43º Batalhão de Polícia Militar de Paraíso recebeu a informação de que vários homens estariam brigando na avenida Wenceslau Brás, próximo à igreja da Abadia, sendo que um deles estaria munido de um facão. Ao chegarem ao local, os militares se depararam com três indivíduos. Após busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado; apenas um deles segurava uma pedra.

Questionados sobre o suspeito que estaria armado com um facão, os três homens informaram que aquele era um quarto indivíduo envolvido na briga e que ele havia deixado o local pouco antes da chegada da viatura. Minutos depois, durante buscas pelo suspeito que portava a arma branca, a PM avistou Emerson Carlos de Souza, de 32 anos, caído no chão. Ele estava consciente e apresentava sangramento no abdômen e uma perfuração no pescoço. O homem era um dos indivíduos que haviam sido abordados no início da ocorrência.

Diante do fato, uma equipe de resgate do 2º Pelotão do Corpo de Bombeiros foi acionada, porém Emerson morreu antes de dar entrada no setor de Urgência e Emergência da Santa Casa. O local foi isolado e a perícia técnica da Polícia Civil realizou os trabalhos de praxe. Segundo uma testemunha, depois que a Polícia Militar saiu em busca do homem armado com um facão, Emerson e S.P.C., de 44 anos, se desentenderam e este o atacou com golpes de canivete. Em seguida, o suspeito fugiu, mas foi capturado pelos policiais. A camiseta dele estava suja com o sangue da vítima, segundo a polícia.

Logo depois, os militares localizaram W.Z., de 42 anos, que estava com o facão. Ainda de acordo com a pessoa que presenciou o crime, a confusão que culminou no assassinato de Emerson Carlos de Souza foi ocasionada por uma garrafa de bebida alcoólica. Os dois suspeitos foram presos em flagrante e conduzidos à 4ª Delegacia de Polícia Civil de São Sebastião do Paraíso com as armas apreendidas. Em seguida, eles foram levados ao presídio local. O corpo de Emerson foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Passos e, depois, seguiu para sepultamento no município de Guaxupé.

Crime em Passos

Em Passos, o corpo de uma mulher foi encontrado dentro de uma casa na rua Ceará, no bairro Jardim Colégio de Passos, na última terça-feira. Segundo informações da Polícia Militar, a corporação foi acionada a comparecer no local por uma pessoa que alegou que a mulher estava sem ser vista há três dias.

Os militares localizaram o corpo de Rita Cristina Pimenta caído no chão, sem sinas de vida, e encontraram também várias marcas de sangue pela casa. Ainda segundo a PM, o corpo de Rita foi encontrado por familiares que estiveram na casa a procura dela e encontraram a residência com o portão aberto e uma grade de proteção trancada. Eles chamaram por Rita, mas não foram atendidos e acionarem um chaveiro para destrancar a grade. No quintal da residência, eles perceberam as janelas abertas e a porta da cozinha fechada, mas sem estar trancada. Quando entraram na casa, segundo a PM, os familiares encontraram Rita no chão da cozinha e acionaram a polícia.

De acordo com o delegado Danilo Gustavo, da Polícia Civil, a suspeita é que ela tenha sido vítima de homicídio ou feminicídio. Segundo ele, em exame realizado pelo IML, foi constatado que Rita sofreu estrangulamento e que havia sinais de violência pelo corpo, como hematomas. As investigações serão encaminhadas à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).