Destaques Polícia

Bombeiros orientam sobre cuidados com as tempestades

4 de janeiro de 2021

Foto: Divulgação

PASSOS – O 1º tenente comandante Daniel Henrique Alves de Oliveira, da 2ª Companhia Operacional do Corpo de Bombeiros de Passos, explica que antes das chuvas é importante realizar a limpeza dos telhados nas casas, manter limpos os ralos e esgotos, retirar entulho dos quintais e ruas, providenciar a poda ou corte de árvores com risco de queda, reforçar muros e paredes poucos confiáveis.

Durante as chuvas intensas, segundo Oliveira, as orientações são: manter um membro da família atento e vigilante ao nível de subida das águas, ter sempre lanternas e pilhas em condições de uso, armazenar água potável; manter os objetos de maior valor em partes mais elevadas, desligar a energia elétrica.

Se estiver no carro, procure um local alto e espere o nível da água baixar. Não pare o carro próximo de postes ou árvores. Lembre-se que poças de água podem ocultar crateras e ao atravessar poças, mantenha a aceleração contínua em primeira marcha. Dirija devagar, fique longe do carro da frente e evite locais baixos”, alerta o tenente.

Caso tenha risco de inundações ou desabamento, a orientação é abandonar a residência e aqueles que moram às margens de rios ou próximos as encostas também devem sair de casas devido ao perigo das tempestades e chuvas intensas. Oliveira alerta também para o perigo de raios durante as tempestades.

Cuidado com raios. Desligue aparelhos elétricos das tomadas, fique longe de janelas, não fique próximo de árvores ou postes, porque eles atraem raios. Evite campos de futebol, praias e outros locais abertos, não retire roupas de varais de arame durante as chuvas fortes. Mantenha distância de alambrados, cercas, linhas telefônicas e elétricas, assim como estruturas metálicas em geral. Não fique dentro da água, use o telefone somente em casos de emergência”.

Ainda de acordo com o tenente, é importante também tomar cuidado com os deslizamentos de terra.

Evite desmatar os morros, pois sem vegetação o solo fica sujeito a deslizamentos. Jamais plante bananeiras nas encostas: elas deixam a terra mais frágil. Fique atento para os sinais de perigo, como árvores, paredes, postes ou muros inclinados, portas e janelas emperradas e paredes com trincas ou barrigas. Rochas também são muito perigosas, especialmente se estiveram muito expostas na terra, em local sem vegetação e acima de sua casa. Abandone a área de risco com rapidez, mas sem correrias. Evacue a área, evitando que pessoas desabilitadas ou curiosos entrem no local”.


Lagos e cachoeiras

Devido a época de chuvas, é necessário tomar cuidados redobrados nos passeios em lagos e cachoeiras. O tenente Oliveira orienta que “se ingerir bebida alcoólica, não entre na água, não deixe as crianças sozinhas na água ou nas margens dos rios, evite permanecer próximo de locais onde haja embarcações, fique com a água na altura da cintura, sempre verifique a condição do tempo, a profundeza das águas e força da correnteza. Não participe de brincadeiras perigosas, nunca entre em local desconhecido, nunca nade sozinho. Havendo formação de temporais evite entrar na água para nadar ou usar embarcação, não entre nos rios ou lagos quando estiver chovendo. Caso esteja nos rios e lagos e começar a chover, procurar locais mais seguros como ilhas o beiradas onde a pouco vento e marolas. Divirta-se com segurança e, em caso de emergência, ligue 193”.