Destaques Polícia

Bombeiros localizam 3ª vítima de acidente na Cascatinha

Por Talita Souza / Redação

5 de janeiro de 2021

Foto: Divulgação

CAPITÓLIO – Foi encontrado, no início da tarde desta segunda-feira, 4, o corpo de Jardyan Resende Correia, terceira vítima da cabeça d’água que ocorreu no último sábado, 2, no local conhecido como ‘Cascatinha’, em Capitólio. Ele foi localizado por equipes do Corpo de Bombeiros de Passos e da região. Jardyan era irmão de Elayla Chagas Resende Correia, também vítima do acidente, que foi encontrada no mesmo dia junto com o corpo de Helen Cristina Santos Oliveira. As três vítimas eram da cidade de Oliveira (MG).


Você também pode gostar de:

Homens lideram ranking do mercado de trabalho na região

De acordo com o 2º tenente Roberto Morais, do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, em Passos, os corpos foram encontrados em locais de difícil acesso, próximo à queda d’água da última cachoeira do complexo.

Na hora do acidente, a gente presume que eles estavam pouco acima da queda da cachoeira, então foram arrastados por, aproximadamente, uns 150 metros. Pode ser mais, dependo do local onde estavam se banhando, essa informação é apenas uma suspeita”, explica.

Ainda de acordo com o tenente, 16 pessoas foram atingidas pela cabeça d’água no sábado e 13 sobreviveram.

Fomos acionados no sábado para o local conhecido como complexo da cascata, onde, de acordo com informações preliminares, havia ocorrido uma cabeça d’água e tinha pessoas ilhadas. Quando a guarnição chegou ao local, constatou a veracidade das informações. Por ser um local de difícil acesso, acionamos a aeronave Arcanjo para nos auxiliar no resgate das vítimas. Foram resgatadas pessoas por terra pelos militares e outras pela aeronave. No mesmo dia, foram encontradas duas vítimas e uma outra continuava desaparecida. Foi dado prosseguimento nas buscas no domingo e na segunda-feira. quando, por volta do meio-dia, o corpo do rapaz foi localizado. Segundo informações preliminares, 16 pessoas estavam no local, contando com os três que morreram”, disse Morais.

Além do Corpo de Bombeiros, a Marinha do Brasil também participou das buscas pelos corpos das vítimas. A MB informou, por meio nota que, “a equipe de inspeção naval da DelFurnas deslocou-se prontamente para a área, onde, em coordenação com uma equipe do CBMMG que já resgatava algumas pessoas, orientou as embarcações a se afastarem para área segura e recolheu os corpos de duas vítimas, transportando-os para um local com fácil acesso. A Polícia Civil de Minas Gerais realizou a perícia e os encaminhou ao Instituto Médico Legal de Passos (MG)”.

Jardyan Resende Correia era irmão de uma das vítimas. / Foto: Divulgação


A importância da prevenção

O Corpo de Bombeiros alerta para a prevenção e segurança em rios, lagos e cachoeiras. Segundo o tenente Morais, é comum ocorrer chuvas na cabeceira de cachoeiras nessa época do ano.

Prevenção e segurança nestes locais são primordiais, ainda mais nesta época do ano, em que ocorrem chuvas na cabeceira destas cachoeiras. Com grande volume de água em pouco tempo, onde o solo não consegue absorver esta grande quantidade de água, vem a cabeça d’água descendo com grande volume e muita energia, arrastando tudo. Medidas preventivas aos usuários, seriam: verificar a possibilidade de chuvas, se houver sair do local de banho e procurar terreno em nível superior, verificar rotas de fuga no local para áreas fora do leito do córrego, verificar se o nível de água local começar subir repentinamente com aumento da velocidade e turbidez da água”, afirma.