Destaques Polícia

Após 30 anos na PM, tenente Clemente se aposenta no Carmo

27 de fevereiro de 2021

O Tenente Clemente Alves de Jesus Filho, da Polícia Militar de Carmo do Rio Claro recebeu homenagem dos colegas. / Foto: Divulgação

C. R. CLARO – Quinta-feira, 25, foi marcada por muita emoção na despedida do tenente da Polícia Militar de Minas Gerais Clemente Alves de Jesus Filho, de 50 anos, de sua função como comandante do Pelotão na cidade de Carmo do Rio Claro. O policial foi transferido para a reserva, o que significa ter se aposentado.


Você também pode gostar de: Especialistas apontam operadoras de celular com melhor custo-benefício no Sudeste

O policial, que é natural de Teófilo Otoni, deixa a farda com sentimento de missão cumprida após 30 anos de serviços prestados à PMMG, dos quais sete anos foram dedicados á função no município de Carmo do Rio Claro, subordinado ao 64º Batalhão da Polícia Militar de Alfenas, hoje sob o comando do tenente coronel Afrânio Tadeu Garcia. Casado com Andréia Fernandes, o tenente Clemente Alves é pai de Gabriel Fernandes e padrasto de Isabella Cristina e Maryana Fernandes e, agora, vai se dedicar, em princípio a alguns projetos sociais como a criação do Centro de Reabilitação de Dependentes Químicos.

Serei voluntário nas diversas entidades de Carmo do Rio Claro, tais como a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), no Centro de Formação São José, no Lar do Idoso Frederico Ozanam, na Creche Recanto da Alegria. Também serei voluntário nas diversas escolinhas de futebol existentes na cidade”, disse o policial, que encerrou a carreira como 1º tenente.

Clemente, como é conhecido na corporação e pelos moradores de Carmo do Rio Claro, atuou no 19º Batalhão em Teófilo Otoni, nos destacamentos de Campanário, São José do Divino e Itambacuri. Foi no 19º que fez os cursos de Formação de Soldados e de Formação de Cabos. Já o curso de Formação de Sargentos foi feito em Governador Valadares. Os Cursos de Atualização de Sargento e Formação de Oficiais foram realizados em Belo Horizonte.

O policial, que tem o título de cidadão carmelitano, recebido em 2015, escolheu a cidade de Carmo para continuar morando com sua família. Além deste título, o militar foi condecorado com as medalhas de Grau Bronze e Prata e também recebeu o Prêmio Expressão e Eficiência Policial Militar Regional.