Opinião

Opinião: Fiquem em casa

Por Paulo Natir

8 de abril de 2020

“Tudo posso naquele que me fortalece.”

Para quem pensava que já tinha visto e testemunhado de tudo na vida o novo coronavírus chegou pregando horror. O número de vítimas não para de crescer e as mortes são diárias em todo planeta.

Pela primeira vez na história uma pandemia chegou não escolhendo sexo, nacionalidade ou classe social. Ela tem preferência por pessoas acima de 60 anos, contudo, os casos notificados mostram que a Covid-19 pega geral. Ela não tem preconceitos.

A gravidade dessa doença assusta muito. Basta ver estrago que ela fez na China, na Europa e está fazendo nos Estados Unidos. Os países ricos e desenvolvidos estão enfrentando enormes dificuldades – imaginem o Brasil ou as diversas nações do continente africano.

Faço aqui um enorme apelo às autoridades em todas esferas da federação para protegerem os profissionais de saúde e outros trabalhadores que estão na linha de frente enfrentando esse poderoso inimigo. Lembrando aqui que o coronavirus ataca geral e existe a falta de máscaras e equipamentos de proteção individual em todo pais.

Nesse momento a medicina de todo planeta está procurando uma vacina para barrar a doença. Cientistas também testam remédios que possam combater a Covid-19. É uma luta universal pela sobrevivência.

Somos todos vítimas dessa pandemia. Porém é fundamental mantermos a fé. O grande problema é que a comunidade é muito vulnerável. A falta de dinheiro já era um grande problema no país antes do coronavirus. Imaginem agora…

A questão econômica é cruel e a crise afeta grandes e pequenos. É uma trágica bola de neve que tem um grande potencial de destruir gregos e troianos. O governo anunciou uma ajuda de R$ 600 para certos trabalhadores. A pergunta é: quando a turma vai ver esse dinheiro? E o auxílio para pequenas e grandes empresas? Quando esse recurso vai estar disponível para os empregadores?

Vamos fazer nossa parte. Lavar as mãos sempre é o primeiro passo. É de fundamental importância evitar aglomerações. Contudo, há diversas localidades no Brasil que não possuem água encanada. Imaginem água
e sabão…

O isolamento social também é outra arma preciosa nesse momento. Sei que é muito difícil, porém a grande preocupação é evitar o contagio de nossos familiares, sobretudo de nossos pais e avós.

A covid-19 é uma infecção respiratória que afeta, principalmente, os pulmões das pessoas infectadas. No Brasil a pandemia deve atingir seu pico nesse mês de abril. Para evitarmos um colapso no sistema de saúde regional o isolamento social é, no momento, a melhor solução, portanto: vamos permanecer em isolamento.

No mais é ter muita fé e confiar em Jesus Cristo. Ainda estamos vivos e isso é tudo. A esperança vai restaurar nossa força. Temos que acreditar muito em Deus e proteger nossas famílias. Assim Jesus vai automaticamente livrarmos do medo. Vamos permanecermos isolados mas unidos pelos bons pensamentos. Jesus esteja com todos nós. Além do mais, vai passar…