Do Leitor

O futuro é hoje.

10 de Maio de 2021

Nada sem planejamento funciona. Pensar, organizar, projetar números, orçamento e análise de viabilidade econômica financeira. O futuro é hoje e o momento é agora, porque erros do passado não podem determinar o seu futuro, mas sim um querer chegar onde tantos não souberam. Nem tudo são flores, há pedras ao passar que os outros não quiseram enfrentar. O futuro é hoje e cabe na mão, é hoje, será hoje, é hoje e assim seguiremos: não deixe escapar, “e se não corrermos terá sido ontem”.

O que tiver que fazer, faça hoje porque amanhã pode ser tarde demais. Certamente você já ouviu a frase que escolhi para o título desse texto. Ela já foi ouvida e vista por diversas vezes em diferentes situações e falada pronunciadas pelas pessoas mais diferentes de seu círculo. Um conselho? Vai lá: Deixar para outro ou para depois, alguma coisa que precisa ser feita, nada mais é do que ‘procrastinar’, postergar, (palavrinhas também muito dita e ouvida por aí). Postergar é algo corriqueiro no dia a dia das pessoas que não correm atrás.

Já notei e estudei o que leva as pessoas a adiarem a conclusão de tarefas, quais são elas: não enxergar valor nelas; dar priorização e resolver questões que surgem de última hora no lugar de fazer o planejado; buscar a perfeição, achar que a tarefa é mai difícil e é ter medo de errar. Uma solução? Reprogramar o cérebro para que o estresse causado por um prazo apertado não seja mais prazeroso. Sabe por que, tem gente que acredita trabalhar melhor sob pressão.

Sai dessa, não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje. “Um dia bonito, nem sempre é um dia de sol, mas um dia de paz”. Hoje! Segundo o monge budista Tibetano Dalai Lama, Só existem dois dias no ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã. Portanto hoje é o dia certo para amar, acreditar, fazer e principalmente viver.

Fernando de Miranda Jorge – Jacuí/MG


CPI do Covid

A CPI do Covid condiz com a atuação do governo federal no combate, prevenção e tratamento da covid19, ou seja, é absolutamente ineficaz, incompetente e dispendiosa. Inacreditável que a sociedade, os poderes e órgãos representativos aceitem esse desperdício de tempo e dinheiro do Senado Federal em uma CPI que mais uma vez dará em pizza e reforça o poder absoluto do presidente Bolsonaro sobre a Casa legislativa e o Senado.

Daniel Marques – Virginópolis/MG