Do Leitor

Dia Mundial da Água

23 de março de 2021

Apenas um apelo simbólico, pois a água faz parte de nossa vida todos os dias. Entretanto ótimo o enfoque do ecologista José Pedro Naisser, como sempre, ao proclamar: “Não deixe que nenhuma gota de água chegue ao oceano, sem que ela tenha sido útil a você, a natureza e a vida

Para isto a água deveria seguir o seu caminho natural: evaporar nos oceanos, cair como chuva nos continentes através das monções, permear no solo até os lençóis freáticos, brotar de novo como minas que alimentam as nascentes e rios, alimentar as plantas, os que a utilizam, os animais (inclusos lógico os humanos) que a bebem, e seguir o seu curso normal de volta aos oceanos, naturalmente.

Com a intervenção humana na crosta terrestre com os desmatamentos desenfreados, plantações intensivas de monoculturas, pavimentações e impermeabilizações do solo em enormes áreas, as águas hoje em grande quantidade estão retornando aos oceanos rapidamente em forma de enxurradas e enchentes, ficando pouco nos continentes, ocorrendo sua falta generalizada.

Para que ela seja útil a nós, à natureza e a vida, ela teria que cumprir o seu papel natural no mundo que possibilitou inicialmente a florescência da vida. Esta quebra provocada está tornando o planeta hoje hostil à vida nele criada.
Está aí para quem quiser ver.

Roberto Barbieri – Passos/MG


Regalias

Determinadas ocupações governamentais são regidas por regras inacreditáveis, incomuns e inconcebíveis na iniciativa privada. Carece de um ajuste racional para corrigir tamanha discrepância. Em toda classe há deslize de algum dos seus integrantes. Na área governamental, em alguns casos, o malfeitor sem prisão é ‘prematuramente aposentado’ e premiado com salário integral, como se estivesse na ativa. É um autêntico caso de ‘premiação’ ao transgressor alijado. Tal fato carece de uma real punição em vez de benefício perene.

Humberto Schuwartz Soares – Vila Velha/ES