Do Leitor

CPI da covid-19!

17 de Maio de 2021

Como é do conhecimento de todos, está instalada, no Congresso Nacional, uma Comissão Parlamentar de Inquéritos, conhecida como CPI para investigar as Ações ou Omissões do Poder Executivo a favor do enfrentamento desta tragédia universal que está ceifando, impiedosamente, vidas, por onde esta tragédia se instala.

Como sabemos também, essa CPI, objetivamente, não tem o propósito citado acima, mas o verdadeiro alvo é o de arrancar o ocupante da cadeira presidencial no Palácio do Planalto. Para que isso seja possível é necessário encontrar um motivo que cubra de razão os interessados em fazê-lo.

O Supremo Tribunal Federal determinou, por meio da ADPF 672 que ao Poder Executivo, no enfrentamento da pandemia compete o envio de recursos financeiros aos Estados, Municípios e Distrito Federal e que, como ocupar os valores recebidos, é determinação dos poderes executivos locais que receberam os mesmos.

Instalada a CPI, necessário se fez, indicar os membros que vão dar vida às investigações e procurar com lupa, todas as razões que deram razão a existência da mesma! Curiosamente, todos os membros indicados para investigar o Poder Executivo, têm um encontro especial marcado com a Justiça, por desvio de conduta político-social. Uns com mais outros com menos processos. Mas todos têm um encontro marcado com a dama de olhos vendado, para um acerto de contas!

O presidente da mesma, representa o sofrido Estado do Amazonas, que recebeu recursos financeiros, em 2020, do Poder Executivo, da ordem de quase nove bilhões de reais, dos quais dois bilhões e trezentos milhões foram designados ao município de Manaus. A quem coube gerir esse patrimônio financeiro? O presidente tem 2 encontros marcados com a Justiça.

O vice-presidente representa o longínquo Estado do Amapá, recebeu em 2020, algo próximo de cinco bilhões de reais. O desvio de recursos para o enfrentamento da Covid só a PF pode dizer. O senador, vice-presidente desta CPI também tem um encontro marcado com a Lei.

O relator deste evento, de todos conhecido e dispensam considerações, representa o Estado de Alagoas que recebeu em 2020 algo em torno de dez bilhões e quinhentos milhões de reais. Muitos desses valores sofreram desvios que estão sendo apurados.

Como se vê, essa CPI nunca foi tão necessária, nesse momento ao país! Vai fazer muito bem a todos saber por ande andam os recursos aportados para a Covid-19.

Cícero Maia – Brasília/DF