Do Leitor

Ajuda de Biden

20 de junho de 2022

Que vergonha! Que apequenamento! Pedir ajuda e favor para si a um chefe de estado de uma nação estrangeira não ocorre nem entre governantes das melhores repúblicas bananeiras. Chegou-se ao subsolo do fundo do poço.

Raul Moreia Pinto – Passos/MG

Filho da corrupção petista

João Muniz de Leite, que há uma década é contador da família de Lula, ligado também ao grupo criminoso PCC, foi preso por lavagem de dinheiro. Com recursos que diz ter ganho em 25 prêmios na loteria somente em 2021, um deles de R$ 16 milhões na Mega Sena, dividiu esses recursos com traficante de drogas Anselmo Becheli, o cara preta… E para não se ter dúvidas da forte ligação de Muniz, com a família de Lula, seu escritório está no mesmo endereço do filho Lulinha, no qual funcionam três empresas… Que nível de colaboradores têm Lula, o mesmo que pretende voltar a governar o Brasil… Cruz credo…!

Paulo Panossian – São Carlos/SP E-mail: [email protected]

Gilmar Mendes

“Ninguém discute se houve ou não corrupção”, palavras de Gilmar Mendes em relação a operação lava jato. Realmente não há necessidade de discutir isto, pois o povo sabe e viu as devoluções da dinheirama da corrupção. Devemos discutir o “ato formal “ ou seja a inércia ou omissão da Justiça que só descobre que não devia ser Curitiba e sim Brasilia a instância onde os processos contra Lula deveriam ser julgados, e agora estão prescrevendo, devido a idade, o que é muito conveniente para o acusado Lula.

A prisão provisória, do que é dito e existe para que o acusado não fuja, “destrua” provas ou até alerte seus cúmplices. Tortura sr. ministro, sofre os brasileiros sem dinheiro que são acusados de atos e crimes que nunca cometeram e chegam a ficar um ano ou mais presos, pois a nossa Justiça é lerda e seletiva. Não tenho “pena” de corruptos!.

Tania Tavares – São Paulo/SP E-mail: [email protected]