Do Leitor

A Força do Negacionismo!

7 de junho de 2021

Quem acompanha o universo da vida no Brasil, vê que os descontentes não param de se sacrificar criando expressões que possam derrubar o moral dos brasileiros como se nós não fossemos um povo, aguerrido, lutador e presente na vida apesar de todas as adversidades que nos foram impostas por meio da corrupção e da impunidade!

Negacionismo é uma dessas novas expressões que passou a fazer parte frequente, no nosso linguajar diário, para justificar o injustificável, no caso do uso de um medicamento, sobre alguns aspectos que podem apresentar qualquer resultado positivo perante a força da destruidora pandemia que assola o mundo todo e não menos o Brasil. Todos sabem que a efetividade de um medicamento na vida de um enfermo depende, em muito, do momento em que o mesmo chega para desfazer o estrago da doença. Infelizmente, a positividade dos resultados de um medicamento em um paciente depende de uma série de fatores que não só os da doença em si, na estrutura do acamado!

Há muitos negacionismos, neste momento, circulando no país! Considero o mais grave e o mais destruidor de todos é negar a capacidade de respostas do sistema de saúde brasileiro no enfrentamento da pandemia. Do universo total de infectados, por aqui, aproximadamente 90% estão recuperados, outra parte está em tratamento e, infelizmente, outros foram a óbito. Quantos países, mundo afora, estão com esses percentuais de resposta apresentados pelo Brasil?

Outro negacionismo, verdadeiramente, macabro é o de considerar que o nosso processo de vacinação, num país de dimensões continentais, não merece elogios. Em apenas 4 meses temos mais de sessenta milhões de pessoas protegidas contra a doença, por meio da vacinação! Isso não é bom?

Considerando o descaso e indiferença com que o sistema de saúde, nacional, foi tratado nos últimos anos, é outra forma de negacionismo que deve ser evidenciado uma vez que muitos óbitos poderiam ter sido evitados se os hospitais tivessem sido melhor considerados. Melhorado as motivações de trabalho a profissionais de saúde. Enfim, pelo menos no plano da saúde a pandemia foi muito boa para mostrar qual é a nossa realidade hospitalar.

Curiosamente, se nega o que interessa, inclusive penas de bandidos condenados, a fim de que possa voltar ao cenário político eleitoral.
Não vamos negar os nossos valores, temos tudo para voltar a ser uma Nação próspera com pessoas felizes.

Cícero Maia – Brasília/DF E-mail: [email protected]