Música Destaques

O violonista Rogério Leonel é o 28º entrevistado de ‘O Charme do Violão Mineiro’

Por Adriana Dias / Redação

22 de novembro de 2021

Rogério Leonel é natural de Piumhi, residiu em Passos e é radicado em Belo Horizonte onde atua como violonista, professor e compositor ./ Foto: Divulgação.

O convidado para a entrevista de número 28 do ciclo ‘O Charme do Violão Mineiro’ da próxima terça-feira, 23 é o violonista, professor e compositor Rogério Leonel, mineiro de Piumhi. Este ciclo é apresentado pelo violonista, professor e produtor cultural Celso Faria. Realizado de forma remota, ele teve início no dia 11 de maio de 2021, e ocorre sempre às terças-feiras, às 20h30, no canal do YouTube do violonista e nas redes sociais do Grupo Folha pelo link: https://bit.ly/rogerio-leonel.

Rogério Leonel se mudou muito jovem para Passos. Nesta cidade, teve contato com diversos álbuns de violonistas brasileiros como Paulinho Nogueira e Baden Powell, fato que foi decisivo para sua trajetória musical. Rogério foi aluno de violão de Nelson Piló e de disciplinas teóricas na Fundação de Educação Artística e na Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), além de ter frequentado o Festival de Inverno da UFMG.

O músico começou a se apresentar profissionalmente na década de 1970, como integrante e arranjador musical do ‘Grupo Mineiro Mambembe’. Na década seguinte, cria e assina os arranjos musicais do quarteto vocal ‘Tom sobre Tom’, além de iniciar intensa parceria com a cantora Lígia Jacques. O trabalho de Rogério está registrado nos álbuns ‘Choro Barroco’ e ‘Choro Cantado’ (Lígia Jacques), ‘Titane’, ‘Simbora, João’ (Ladston do Nascimento), ‘Subvoar’ (Loslena) e ‘Minas São Várias’ (coletânea de compositores e cantores mineiros), além de diversos shows e espetáculos teatrais.

Rogério Leonel foi professor da Escola Livre Música de Minas, idealizada por Milton Nascimento e Wagner Tiso e da Escola Municipal de Música de Nova Lima. Atualmente, Rogério ministra cursos e oficinas de harmonia e violão. Sua composição ‘Choro Barroco’ foi tema de abertura do documentário ‘Vanja Oroco’, produzido por Luiz Carlos Prestes Filho, para o Canal Brasil. Em 2016, Rogério Leonel lançou, com recursos do Fundo Municipal de Cultura de Belo Horizonte, o livro ‘Harmonia das Vozes’ – contendo vinte arranjos vocais, de sua autoria, para canções mineiras.