Música Destaques

Hino ao Senhor Bom Jesus dos Passos ganha novo arranjo

Música

4 de agosto de 2021

Profissionais que atuaram no vídeo do novo arranjo do hino:/ Divulgação.

Nesta sexta-feira, 6, a cidade de Passos comemora o dia do Padroeiro, Senhor Bom Jesus dos Passos, e ganha um presente em forma de arranjo para canto, flauta e violão, do ‘Hino ao Senhor Bom Jesus dos Passos’, composto pelo padre Ronoaldo Pelaquin em 1978. O lançamento do vídeo, que tem o tempo exato de 3:33, será durante uma live, às 20h, de dentro da Matriz, com apresentação do pároco Sandro Henrique de Almeida Santos e os artistas Celso Faria (violão), Silas das Mercês (flauta) e Cássio Vasconcelos (voz) com transmissão ao vivo pelas redes sociais da igreja.

O idealizador do projeto é o passense, radicado em Belo Horizonte, o violonista Celso Faria e contou com as participações também para a produção do vídeo de Douglas Arouca, gravações no Studio Alfa, de Denilson César Reis. Ele contou que quando pensou em fazer um arranjo se deparou com a seguinte situação: como ser original sem perder a identidade da obra?

“Eu não poderia simplesmente ‘copiar’ a versão conhecida do hino, era preciso criar um arranjo novo, inédito, mas sem alterar suas características, que são amplamente conhecidas da comunidade. Na verdade, a intenção foi de colocar esta música dentro de outro contexto, o da ‘música de câmara’ – em que cada parte (voz ou instrumentos) tem sua própria autonomia, mas, ao ouvirmos o conjunto, todos soam harmonicamente juntos”, disse Faria.

O processo se deu de maneira muito rápida: após a escolha da tonalidade, para se adequar perfeitamente à extensão vocal do também passense Cássio Vasconcelos, Faria elaborou a parte do violão.

“Esta se apoia na condução dos acordes da versão original, mas, vale ressaltar que utilizei vários acordes dissonantes, justamente para aproveitar a rica sonoridade do violão. Acrescento também que criei, ainda na partitura do violão, climas diferentes para valorizar o texto cantado. Para a parte da flauta executada por Silas das Mercês, pensei em lhe conferir uma dupla função: dialogar, ora com o canto, ora com o violão – valorizando assim, o colorido que este instrumento poderia impregnar ao arranjo”, explicou.

Sobre a ideia em fazer uma homenagem à Passos se deu em uma conversa entre Faria e o flautista Silas das Mercês. “Pensamos em quais músicas poderiam ser estratégicas para representar Passos e seu povo. A resposta não demorou a vir: o ‘Hino ao Senhor Bom Jesus dos Passos’, composto pelo padre Ronoaldo Pelaquin. Após a escolha, percebi que além da flauta e do violão, iríamos necessitar de um cantor – toda a comunidade conhece a letra desta música, se identifica e gosta de cantá-la. Fiz o convite ao Cássio Vasconcelos e ele topou na hora. A homenagem estava ganhando corpo e a ideia de um vídeo parecia mesmo a mais interessante, ainda mais em tempos de pandemia. Fiz um arranjo para canto, flauta e violão do hino. Para oferecer um produto de qualidade, convidamos o Denilson César Reis (técnico de som) e o Douglas Arouca (droner) para abrilhantar este projeto. O Studio Alfa foi responsável pela gravação, edição e mixagem do hino e o Douglas se incumbiu em ceder as imagens e editar o vídeo, já com a nossa experiência juntos no projeto Roteiros da Fé”, afirmou.