Música Destaques

Eustáquio Grilo é o 25º músico de ‘O Charme do Violão Mineiro’

26 de outubro de 2021

O passense entrevistado desta edição do ciclo é o violonista, compositor e professor Eustáquio Grilo

O convidado para a entrevista de número 25 do ciclo ‘O Charme do Violão Mineiro’ (dia 26 de outubro) é o violonista, compositor e professor Eustáquio Grilo – mineiro de Passos. Este ciclo é apresentado pelo violonista, professor e produtor cultural Celso Faria. Realizado de forma remota, ele teve início no dia 11 de maio de 2021, e ocorrerá sempre às terças-feiras, às 20h30, no canal do YouTube do violonista e pelas redes sociais do Grupo Folha pelo link: https://bit.ly/eustaquio-grilo.

Natural de Passos, Eustáquio Grilo nasceu em 1948 e começou seus estudos de violão, ainda criança, com seus familiares. Frequentou o Seminário Nossa Senhora de Fátima, em Mogi Mirim (SP), onde estudou piano, órgão, canto coral, canto gregoriano e harmonia. Em 1971, Eustáquio graduou-se em Matemática pela Universidade Federal de Minas Gerais e, ainda neste mesmo ano, começou a se apresentar como concertista de violão.

Nesta época, Eustáquio Grilo foi aluno de violão de Walter de Carvalho Alves, em Belo Horizonte. Participou do IV e VI ‘Seminário Internacional de Violão’, em 1972 e 1974, respectivamente, promovido pelo Liceu Palestrina, em Porto Alegre (RS), onde estudou com Abel Carlevaro e Guido Santorsola. Eustáquio ingressou na Escola de Música de Brasília, como professor de violão, em 1975.

Eustáquio Grilo obteve o prêmio especial (primeiro colocado brasileiro), no ‘Concurso Internacional de Violão’, em Porto Alegre, em 1974 e o primeiro prêmio no ‘Segundo Concurso Internacional Mangoré’, na Cidade do México, em 1979. Foi professor na Universidade Federal de Uberlândia de 1980 a 1987 e, desde 1987, é professor na Universidade de Brasília. Eustáquio atuou como professor no “Seminário Internacional de Violão”, em Porto Alegre, nos anos de 1978, 1980, 1981, 1982 e 1995 e no “Curso Internacional de Verão”, em Brasília, nos anos de 1986, 1987, 1992, 1998.

O músico passense também se dedica à composição para violão, com destaque para a série de ‘6 Tocatas’ e as ‘12 Caprichosas’. Sua obra ‘Tocata Mineira’ foi agraciada com Menção Honrosa no ‘Segundo Concurso Nacional de Composição para Violão Isaías Sávio’, em Porto Alegre, em 1978. Um de seus trabalhos de maior fôlego é a transcrição do ‘Cravo Bem Temperado’, volumes 1 e 2, de Johann Sebastian Bach, para dois e três violões.