Música Destaques

Biquini Cavadão manda recado de otimismo

MÚSICA

8 de dezembro de 2021

Lançar um disco somente quando a banda estivesse voltando a fazer shows era o desejo do Biquini Cavadão, criado em 1985. E isso só foi possível neste final de ano, quando o grupo resolveu subir para as plataformas digitais o álbum “Através dos tempos”, que vislumbra dias melhores, passados os momentos difíceis. O disco traz a alegria de novas canções que se juntarão aos grandes sucessos na nova turnê que a banda fará pelo Brasil. Formam o Biquini, Bruno Gouveia (voz), Carlos Coelho, Álvaro Birita e Miguel Flores da Cunha.

Para a produção do novo trabalho, a banda convidou Paul Ralphes, o galês que produziu o álbum “Escuta aqui” (2000) e boa parte do disco “biquini.com.br” (1998). Paul, que não trabalhava com o Biquini há cerca de 20 anos, aceitou o convite, sob a condição de que o disco fosse feito a distância, visando à saúde de todos. Diante disso, todo o material foi transmitido via internet, sendo discutido remotamente, com cada músico gravando de sua casa.

Diante da exigência do produtor, os integrantes não se encontraram em estúdio, porém trocaram ideias pelo celular sobre arranjos, timbres e o desenrolar de cada faixa. Bruno conta que nem para as fotos promocionais e os primeiros videoclipes os encontros aconteceram.

“Fizemos os registros em horários diferentes, mantivemos o distanciamento necessário e coube depois aos designers e editores a tarefa de juntá-los. Amigos, separados pelo momento, mas atravessando juntos este tempo incerto”, afirma.

Para o vocalista do Biquini, o disco traz em sua essência, um recado de otimismo, resiliência e perseverança. Ao longo de suas nove faixas, a banda discorre sobre esses assuntos, com a certeza de que, de um jeito ou de outro, conseguiremos superar as crises. Sempre antenado, o grupo já apresentou mais da metade do álbum em singles lançados a partir de julho deste ano, como “Nada é para sempre”, “A vida”, “A gente é o que é”, “Eu não vou recuar” e “Colhendo flores”.

A elas, se juntaram as canções, “A manhã”, “Dois polos”, “Me sorri com seu rosto inteiro” e “Através do tempo”, que dá nome ao disco. Em março de 2020, era para o Biquini ter celebrado os 35 anos de estrada com uma turnê pelo país, porém a pandemia fez com que os eventos fossem cancelados ou adiados. Ainda assim, a banda lançou o disco “Ilustre guerreiro” (ao vivo), gravou três videoclipes, dois singles e participou de lives e entrevistas.

Para os integrantes do Biquini, o importante era não manter a mente em lockdown. Assim, conseguiram dobrar o número de seguidores em suas redes sociais. E foi nesse momento que surgiu a ideia de gravar um disco de inéditas.

“Na verdade, esperávamos fazer o lançamento deste álbum no primeiro semestre, mas as coisas não foram tão otimistas quanto imaginávamos. Quando chegou setembro do ano passado, pensávamos que tudo voltaria ao normal rapidamente e que, em maio do ano seguinte, já estaria todo mundo vacinado e tocando a vida adiante. Infelizmente, isso não aconteceu.”

Por ironia, o disco está sendo lançado justamente na chegada da variante Ômicron.

“ATRAVÉS DOS TEMPOS”. Biquíni Cavadão. 9 faixas. Disponível nas plataformas digitais