Música Destaques

Tuca Oliveira no ‘Cantos da Mineiridade’

Adriana Dias

25 de Maio de 2022

O mineiro de Muzambinho confirmou presença no show de encerramento do 1º Festival ‘Cantos da Mineiridade’ em Alpinópolis

O músico mineiro de Muzambinho, Tuca Oliveira, que atualmente reside no Rio de Janeiro e faz sucesso internacionalmente, confirmou presença no show de encerramento do 1º Festival ‘Cantos da Mineiridade’, que será realizado pela Prefeitura de Alpinópolis nos dias 24 e 25 de junho, na Praça do Rosário, a partir das 21h. O festival também dará espaço aos artistas locais. Serão investidos em torno de R$50 mil neste evento.

Mesmo faltando um mês para o festival, o prefeito de Alpinópolis, Rafael Freire comemora com satisfação a presença de Tuca Oliveira e banda no encerramento do festival de inverno que vai contar, ainda, com um festival gastronômico durante os dias e o festival de música on line.

Tuca Oliveira é representante de uma nova geração de músicos da MPB, tendo emplacado 4 músicas temáticas nas novelas da TV Globo. Ele começou aos 6 anos de idade fazendo shows e era conhecido em Muzambinho como Juninho da Sanfona. Atualmente já está com o segundo álbum, “Esse momento”, com canções repletas de amor e montanhas de Minas, além de praias e arranha-céus cariocas – onde o compositor mineirinho mora no Rio de Janeiro.

Freire contou que o festival faz uma homenagem aos 300 anos de Minas Gerais e que em breve sai a programação completa. “Esta é uma proposta que vem ao encontro com o ano da Mineiridade, do Estado de Minas Gerais. O slogan da festa é ‘Tem base um trem desse?’, que remete ao mineirês, e o objetivo é criar um festival de inverno de Alpinópolis, mas com a pegada mineira”, explicou o jovem prefeito.

Conforme informou o Secretário Municipal de Cultura, Lazer e Turismo de Alpinópolis, José Geraldo da Silva, Zgê Geraes, o festival de inverno prevê ainda barracas, montadas pela Prefeitura, a custo zero para os comerciantes, com comidas típicas, prestigiando os alpinopolenses tanto na concessão do uso das barracas quanto para os que vão apreciar as delícias mineiras, principalmente as feitas na ‘Ventania’.

“Serão entre 40 e 50 barracas, das quais 10 serão distribuídas para as escolas do município e as outras vão ser assumidas por entidades assistenciais da cidade e também por comerciantes. Todos os interessados devem procurar a Associação Comercial e Industrial de Alpinópolis (Acialp) que está fazendo o cadastramento”, orientou Zgê.

Sobre o festival musical, ele tem caráter de mostra, não havendo premiação para os participantes. Apenas terão premiações os participantes do festival on line ‘Projeto Cultural de Música On Line’ – valorizando os artistas de nossa terra.

“São diversas ações integradas, relativas às apresentações artísticas, teatro, exposição de artes. Gastronomia, lazer (brinquedos para as crianças) e o encerramento do festival on line de música, que terá a premiação. E, ainda várias ações do Patrimônio Histórico e Cultural que serão realizadas por escolas, com poesias, levantamento de questões históricas que serão apresentados durante o festival. Algumas escolas também farão apresentação de quadrilhas juninas, lembrando que tudo faz parte do programa cultural do município”, salientou Zgê.

Os interessados em participarem do festival on line, podem ficar de olho nas redes sociais da administração municipal, que em breve será lançada a inscrição. Serão três categorias: infantil, adulto e folias de reis. “Os inscritos vão enviar um vídeo da apresentação, passará pelo julgamento público e os melhores serão premiados em dinheiro, no valor total de prêmios de R$6 mil, além da gravação de vídeo e EP digital”, finalizou o secretário.