Vitória assegura hoje chance de título no domingo, 17

Caso vençam esses dois próximos compromissos, os flamenguistas alcançarão a marca de 83 pontos e só não ficarão com a taça neste fim de semana se o Palmeiras superar o Bahia

13 de novembro de 2019

RIO DE JANEIRO – Embalado por uma sequência de três vitórias e ostentando uma incrível invencibilidade de 19 jogos no Campeonato Brasileiro, o Flamengo enfrenta o Vasco nesta quarta-feira, às 21h30, no Maracanã, em clássico adiantado da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No duelo, que foi antecipado por causa da participação do time rubro-negro na final da Copa Libertadores, no dia 23, a equipe comandada pelo técnico Jorge Jesus tentará buscar um triunfo que lhe dará a chance de poder garantir a conquista do título nacional já no próximo domingo, quando enfrenta o Grêmio, às 16 horas, em Porto Alegre, pela 33ª jornada da competição nacional

Caso vençam estes dois próximos compromissos, os flamenguistas alcançarão a marca de 83 pontos e só não ficarão com a taça neste final de semana se o Palmeiras superar o Bahia, em Salvador, também a partir das 16h de domingo.

 

Isso pelo fato de que, se o time alviverde empatar na Arena Fonte, passará a somar 68 pontos e só poderá atingir no máximo 83 até o final de sua campanha, sendo que não poderia mais alcançar a equipe carioca no número de vitórias, primeiro critério de desempate – hoje, o clube da Gávea tem 24 triunfos, enquanto a do Palestra Itália contabiliza 19.

Invicto há 19 jogos (o equivalente a um turno inteiro sem perder), o Flamengo ganhou nada menos do que 17 destes confrontos. Não é derrotado desde o dia 4 de agosto, quando foi surpreendido pelo Bahia e levou um 3 a 0, fora de casa, pela 13ª rodada. No último domingo, no reencontro com o rival baiano, os rubro-negros deram o troco com uma vitória por 3 a 1, no Maracanã.

Com um ataque poderoso, o Flamengo marcou 43 gols nesta sequência de 19 partidas de invencibilidade e, para completar, tomou apenas 10. E o segundo duelo desta longa série sem perder foi justamente um clássico com o Vasco pela 15ª rodada, no Mané Garrincha, em Brasília, onde goleou o seu tradicional rival por 4 a 1.