Vereadores aprovam projeto que trata de acessibilidade

11 de março de 2020

C.R. CLARO – Foi aprovado pela Câmara o Projeto de Lei nº 013/2020 que autoriza a criação do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência ou Mobilidade Reduzida, o Compede, a criação do Fundo Municipal de Pessoas com Deficiência e estabelece a Política Municipal das Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida. De autoria do vereador Filipe Carielo, o PL é um passo importante na busca por conquistas que facilitem o acesso e a mobilidade.De acordo com o vereador Carielo, esse projeto foi desenvolvido junto com senhor Marcus Lonher Westin, residente do Lar do Idoso Frederico Ozanan, tetraplégico há oito anos. Westin participou da reunião desta segunda-feira (09) e explanou sobre as dificuldades passadas pelos cidadãos com deficiência ou modalidade reduzida e a relevância do projeto. Disse que o conselho é um mecanismo capaz de lutar por essa classe, sendo que a necessidade primeira é pleitear rampas de acessibilidade e calçadas sem obstáculos. Destacou também que a criação do fundo permite o recebimento de recursos, o que pode ajudar na conquista futura de um transporte coletivo adaptado. “Todos nós temos os mesmos direitos de um cidadão comum, só não temos o mérito de estar se locomovendo sozinho”, disse Westin.