Servidores paralisam por efetivação

11 de dezembro de 2019

PASSOS- Enfermeiros, médicos, dentistas, técnicos em enfermagem e auxiliares de saúde bucal do Programa Saúde da Família (PSF) paralisaram suas atividades na manhã desta terça-feira, 10, para reivindicar a sua efetivação. Mais de 30 servidores estiveram na porta do prédio da Prefeitura Municipal para cobrar resposta sobre a situação.Os servidores reivindicam que seja elaborado um projeto de lei que crie o cargo dessas categorias, pois houve o concurso, mas não a efetivação do quadro de funcionários. Sem a efetivação, os trabalhadores não recebem benefícios como fundo de garantia, plano de saúde, férias prêmio e, também, não têm estabilidade, visto que o contrato é renovado a cada dois anos. Havia 42 profissionais paralisados de mais de 20 PSF’s da cidade na parte da manhã, mas há 74 cargos paraserem criados.