Santa Casa de Paraíso obtém R$120 mil

22 de novembro de 2019

S. S. DO PARAÍSO – O vereador paraisense Vinício Scarano Pedroso esteve em Brasília no início da semana. Em um dos compromissos com o deputado Lucas Gonzales, foi atendida a reivindicação para obtenção de recursos para a Santa Casa de Misericórdia de Paraíso no valor de R$120 mil, a ser utilizado para custeio.Em recente reunião com dirigentes do hospital e também na presença de lideranças locais, o presidente da comissão interventora da Santa Casa, Fernando Alvarenga, disse que conta com a ajuda de todas as forças políticas para ajudar na manutenção da Santa Casa. “Toda ajuda será bem vinda, seja dos deputados da nossa cidade, da região ou daqueles distantes, mas que tiverem conhecimento da nossa realidade e puderem nos ajudar, nós agradecemos”, declarou. Na noite desta quinta-feira, 21, Alvarenga e os demais membros da nova diretoria, eleita em abril, tomam posse para o mandato de dois anos à frente da instituição.Ainda em Brasília, Vinício manteve contatos com lideranças políticas no sentido de conseguir habilitar uma verba do Ministério da Educação destinada à construção de uma creche na cidade. “Era para ser três creches, mas os recursos das outras duas foram perdidos, em função das mudanças no Governo Federal e a readequação das receitas. Temos ainda a possibilidade de obter a verba para a construção de pelo menos um centro de educação infantil, por isso, estamos nos empenhando e mobilizando alguns contatos para que possam nos ajudar nesse trabalho e faremos o que for possível para que tudo dê certo”, acrescentou.Vinício Scarano reuniu-se também com representantes do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE), em que foi relatada a situação do município em relação às creches.A informação obtida pelo vereador é de que o processo está caminhando para que pelo menos uma das creches possa ser construída em Paraíso. O deputado Lucas Gonzales se comprometeu em acompanhar a tramitação do processo e se mobilizará para que ele seja empenhado até 31 de dezembro deste ano. “Se precisava de uma atuação parlamentar, então, agora temos”, disse Vinício.